Aracaju, 26 de fevereiro de 2024

Carnaval com tom de campanha

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmail.com

Início de Carnaval já nesta sexta-feira. São cinco dias de folia em que se põe “o diabo no quadril”, como diz Caetano Veloso referindo-se ao carnaval da Bahia. Para tudo e a responsabilidade está em saber extravasar uma alegria contida, que tem pausa de um ano para se expor. Sergipe está mais para o descanso, embora dezenas de pequenos blocos se espalhem pelos bairros de Aracaju e inundam cidades do interior, principalmente Pirambu e Neópolis, que puxam pelo frevo com mela-mela, enquanto Estância se esmera com as escolas de samba. É um momento em que pré-campanha para vereador e prefeito aparece à caça de votos. Muita gente viaja e outras ocupam suas casas de praia, fazendas e chácaras para refazer as forças e retornar ao trabalho na semana seguinte.

Um detalhe: todos os pré-candidatos à sucessão do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) cairão na folia. Cada um, dentro do seu estilo, vai tentar se aproximar do povo e expor afinidades com a folia para conquistar simpatia e votos dos foliões. Nenhum deles vai desaparecer das ruas em festa, porque não pode ficar ausente em um momento que a população se esbalda, ao tempo que fica vulnerável aos galanteios de quem quer expor o nome para conquistar mandato. Uma coisa é certa: nenhum dos pré-candidatos será visto junto, porque são adversários de momento, embora possam se unir mais adiante, em caso de uma composição bem trabalhada. Vereadores que tentam a reeleição e nomes que querem chegar à Câmara também estarão nesta festa de concepção etílica. Faz parte do jogo, embora não seja esse o motivo do eleitor ir às ruas, mas não é difícil se deixar contaminar pelas cantadas inteligentes. Uma cervejinha aqui, uma cachaça acolá e a possibilidade de um voto em outubro.

A partir da segunda-feira, dia 19, é que tudo volta à normalidade, embora se inicie um trabalho mais intenso para discussão de candidaturas, principalmente no bloco governista, que deverá apresentar cinco nomes. Cinco? Claro! A Katarina Feitoza (PSD) é candidata sim. Ninguém vai dizer não a um convite de Gilberto Kassab para que a deputada dispute à Prefeitura de Aracaju. É aguardar e ver…

Fruto do planejamento

Governador Fábio Mitidieri (PSD), falando sobre do aumento do ICMS em 2023, disse que “os resultados econômicos são fruto do planejamento estratégico, de uma equipe preparada, ambiente de negócios favorável e de muita dedicação”.

*** E mais – Sergipe vive um grande momento e pretendemos avançar ainda mais, disse.

*** Quanto à sucessão, disse que “a gente vem tratando sempre dela, mas com a calma que o tema necessita. Todos os pré-candidatos estão nas ruas buscando se viabilizar”.

Durante o carnaval

Sobre o carnaval, Mitidieri disse que “vamos ter o Verão Sergipe na praia do Abais, rasgadinho em Aracaju e muita festa pelo interior do Estado. Que nosso povo possa brincar em paz, com muita alegria, amor e segurança”.

*** Acrescentou que vai ao Verão Sergipe no Abais sábado e domingo, e no Rasgadinho, em Aracaju, na segunda-feira.

*** – Na terça e quarta irei descansar, disse.

Katarina espera o carnaval

A deputada federal Katarina Feitoza (PSD) vai conversar com o governador Fábio Mitidieri (PSD), com o presidente regional do partido, Belivaldo Chagas, e com o presidente do Diretório Municipal, Jorginho Araújo, para tratar sobre o convite de Kassab.

*** Katarina não vai impor pré-candidatura, mas vai fortalecer o desejo do presidente nacional da sigla, Gilberto Kassab, de que o PSD tenha candidatos majoritários nas Capitais.

Circulou como vice

O nome de Katarina Feitoza sempre circulou em Aracaju como provável pré-candidata a prefeita e tem um histórico que a leva a isso.

*** Nos diversos comentários que circularam, o seu nome aparecia como sugestão para vice, o que não seria viável em razão do mandato de deputada federal.

Decadência política

Um político experiente disse ontem, avaliando o PL, que “os Amorins estão em decadência política e não têm muita saída em Aracaju”.

*** – Precisam lançar um candidato a prefeito pelo PL, mas não possuem nome. Valmir está centrado em Iatabaiana. Só resta atrair Emília para o partido ou apoiá-la.

Eduardo a vice

A mesma fonte admite que “a ideia em gestação é indicar o ex-senador Eduardo Amorim (PL) para vice de Emília Correa (PRD)”.

*** – Isso não deixaria o PL fora da majoritária e ainda representaria uma boa forma de recuperação do capital político de Eduardo, admite.

Morde mesma isca

A fonte disse ainda que “⁠Emília erra quando se fecha a diálogos e demonstra incômodos com a “natural movimentação” de adversários e aliados no período pré-eleitoral. Já falam da Emília raivosa”.

*** – Isso demonstra que ela morde a mesma isca que Daniele mordeu em 2020. Deve preservar sua ética, mas compreender com mais naturalidade os movimentos da política.

Danilo disputa pela Barra

Danilo Segundo – ou Danilo de Lula – será mesmo candidato a prefeito da Barra dos Coqueiros pelo PT, com o apoio de Lurian Silva, Joel Almeida (ex-presidente do Síntese) e de Cláudio Caducha, superintendente regional do Trabalho em Sergipe.

*** Danilo tira votos de Airton e do prefeito Alberto (MDB). O senador Rogério Carvalho apoia o prefeito e provoca cisão no PT da Barra.

Airton pode eleger-se

Na avaliação que se faz na Barra, o pré-candidato Airton Martins pode ganhar as eleições, mas não será com a diferença que se mostrava em avaliações anteriores.

*** O ex-prefeito Gilson ainda não se posicionou e nem sua filha Jéssica, que é secretária de Cultura da Barra e candidata a vereadora.

Alessandro e golpe

Senador Alessandro Vieira (MDB) O Brasil passou por uma tentativa de golpe de estado e todos os envolvidos devem ser duramente punidos na forma da lei.

*** – O fato de o Brasil continuar um paraíso de impunidade para outros tipos de criminosos e do combate à corrupção ter virado peça de museu não muda essa realidade.

Nível de perseguição

O deputado federal Rodrigo Valadares diz que é “simplesmente surreal o nível de perseguição do sistema ao maior líder popular da história desse país”.

*** – Tudo isso se resume a uma coisa: medo da força de Bolsonaro. Minha solidariedade ao PR e a todos os alvos dessa implacável perseguição, disse.

Samuel é candidato

O Capitão Samuel, que continua no PP, disse ontem que “2024 passa por diálogo com meu parceiro de partido, Thiago de Joaldo, e com o governador Fábio Mitidieri”.

*** A tendência de Samuel é integrar o PSDB, que tem federação com o Cidadania que mantém maior votação que os tucanos.

*** Samuel é candidato em 2026, mas depende de todas essas conversas…

Café para Nitinho

O deputado federal Nitinho Vitale (PSD) foi homenageado ontem, no prédio da representação de Sergipe em Brasília, com um café da manhã bem frequentado.

*** Estava lá o governador Fábio Mitidieri, secretários, deputados e amigos que foram prestigiar o novo parlamentar.

*** Mitidieri conversou com vereadores e disse que precisava fortalecer o agrupamento. Acrescentou que depois vai fazer um bloco entre eles para discutir a sucessão.

Bicho está pegando

David Leite e seu comentário jocoso: “E o bicho está pegando: pois é… Mula curtiu um tempo bom de cana, o Temerário dormiu algumas noites na cadeia e, talvez muito em breve, Bozo sentirá o gosto da quentinha da PF”.

*** E conclui: “O breziU merece… Que tenhamos um dia feliz, meu povo bom e amado!”

Giro pelas redes sociais

Wendal Carmo – Acabei de ter acesso à íntegra da decisão do ministro Alexandre de Moraes, que autorizou operação contra aliados de Bolsonaro. São mais de 135 páginas.

Kennedy Alencar – Volta a circular na praça a tese de que o golpe de Bolsonaro não se consumou devido à recusa de parte da cúpula das Forças Armadas.

Gleisi Hoffmann – O tempo da verdade chegou: Jair Bolsonaro comandou uma tentativa de golpe contra Lula e contra a Democracia, em articulação com seus cúmplices civis e militares, inclusive ex-ministros e altas patentes.

Globo News – Mauro Cid orientou em quais locais deveriam ocorrer às manifestações golpistas e confirma que as Forças Armadas iriam garantir a operação.

Wesley Junior – O filho de Marcelinho Carioca vai atuar no Campeonato Sergipano em 2024. O Falcon anunciou ontem a contratação do meia Lucas Surcin.

Metrópoles – PF vai periciar pedras que seriam ouro e estava em posse de Valdemar Costa Neto. Caso a PF confirme se tratar de ouro, presidente da sigla do ex-presidente Jair Bolsonaro terá que explicar origem do material.

Dora Kramer – A casa de Bolsonaro e dos que compartilharam com ele o planejamento do golpe, definitivamente caiu. Isso diante do que já foi exposto, fora as informações que seguem em sigilo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também