Aracaju, 26 de fevereiro de 2024

Dificuldade de unir o PT

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmail.com

O senador Rogério Carvalho (PT) continua ouvindo petistas de todo o Estado, para avaliar a situação nos municípios e analisar com mais profundidade a questão do partido. A preocupação de Rogério bateu depois de reunião de membros do partido, em Estância, onde fizeram um estudo da situação dos petistas e registraram o abandono de prováveis candidatos a prefeito e a vereador nos municípios. Sentiam-se relegados pela cúpula e alguns se mostraram dispostos a deixar a legenda, Tem um detalhe no papo do senador com o pessoal que vai visitá-lo na sede do PT em Aracaju, que chama a atenção dos visitantes. Rogério quer saber se eles são ou não aliados do ministro Márcio Macedo (PT), que divide com ele a liderança da sigla.

A dissidência é clara dos petistas em Sergipe. Rogério e Marcio não vão se unir e, na tentativa de um derrubar o outro, o PT pode sofrer consequências graves nas eleições municipais deste ano, reduzindo sua atuação na Capital e Interior, apesar da presença do presidente Lula, que já revela preocupação na questão de manter a força política nas regiões. O Nordeste não é mais tão PT quanto antes, em razão da presença da direita bolsonarista e de mudanças na avaliação dos candidatos, que enxergam apenas a atuação de Lula, mesmo assim com menor confiança. Rogério, inclusive, não conversa com o pessoal que convoca, ao lado do presidente regional, deputado João Daniel. Nos bastidores do partido circula que os dois tiveram alguns arranhões, embora se mantenham no mesmo bloco.

Discute-se também a eleição em Aracaju. Até o momento a pré-candidata mais citada é Candisse Carvalho, mulher de Rogério, que está circulando muito pelos bairros e conversando com a população. O nome de Eliane Aquino passou a ser dúvida e a informação corrente é de que ela desistiu. Há um silêncio grande de Eliane, mas os seus aliados garantem que ela anunciará a pré-candidatura, disputará a escolha dos companheiros e terá apoio do ministro Marcio Macedo. A sigla passa por dificuldade de união e tudo pode ser resolvido em março, com a reunião que o presidente Lula terá com Rogério, Marcio e João Daniel para definir nomes, dentro de um entendimento entre as lideranças, em busca da unidade. Isso demonstra ser quase impossível.

Fábio mostra orgulho

O governador Fábio Mitidieri (PSD) também considerou “grande orgulho para Sergipe” a Rayssa Victória Silva Ramos, ter sido aprovada em 1° lugar em Medicina na UFS através do Enem.

*** – Ela é aluna do Centro de Excelência Profº José Carlos de Souza, disse Mitidieri, ao “parabenizar todos os nossos estudantes aprovados”.

*** – A vitória e a dedicação de vocês inspiram a todos nós e fortalecem a certeza de que a educação sergipana avança cada vez mais!

Emília e Rayssa Victória

A vereadora Emília Correa (PDR) divulga que Rayssa Victóra conquistou o primeiro lugar de Medicina na UFS. Diz que ela é filha de manicure e estudante de escola pública.

*** – Sonho antigo da jovem, concretizado com maestria. Importante enaltecermos os resultados da educação brasileira, principalmente pública.

Confusão em Estância

O vereador Misael Dantas (PSD), de Estância, finalmente assume o seu verdadeiro desejo político de apoiar pré-candidato a prefeito, delegado André Davi (Republicanos) e rompe com vice-prefeito André Graça e o Prefeito Gilson Andrade.

*** Misael Dantas insinua que Gilson Andrade e André Graça “são covardes” e que orientam o G10, grupo de dez vereadores aliados ao prefeito, a trabalhar contra ele!

*** Misael foi candidato a deputado estadual indicado por Gilson Andrade e perdeu. agora pleiteava ser o vice de André Graça, que é o pré-candidato a Prefeito de Gilson Andrade.

Cacho e pedidos

O advogado Emanuel Cacho, que está atuando em Salvador na área política, disse ontem que um deputado pediu para que ele ajudasse à deputada Catarina Feitosa (PSD).

*** Mas a mulher de senador também solicitou a Cacho que ele ficasse com Candisse Carvalho (PT), que também pensa em disputar a Prefeitura.

*** Cacho ainda não tomou uma decisão…

Evaldo e acidente

Dia 08 de dezembro do ano passado, o advogado Evaldo Campo foi atropelado por um veículo, quando andava a cavalo. Foi sacudido ao chão e caiu ao passar por duas pedras.

*** Atendido por dois médicos, após exames, e aos 83 anos, Evaldo foi liberado por “não sofrer nenhuma fratura”, segundo o diagnóstico.

*** Alguns dias depois, em casa, Evaldo sentiu dores profundas e avisou à sua mulher: “vou morrer dentro de mais dois dias”.

Fratura na coluna

Foi uma aflição! O médico que acompanhava Evaldo anteriormente está atendendo na Bahia, mas veio a Aracaju para consultá-lo. Resultado dos exames: fratura na coluna, mas com prognóstico bom.

*** Evaldo está bem, faz tratamento, não sente dores e na próxima consulta o médico avaliará se precisa ou não de cirurgia.

Candidatura a vereador

A secretária Daniele Garcia (MDB), que pode disputar a Prefeitura de Aracaju, convidou Evaldo Campos para disputar vaga na Câmara de Vereadores.

*** Evaldo vai decidir até o dia 16 deste mês, mas por dentro dele há o incentivo: “vá”.

*** Evaldo se declara “fã incondicional” de Daniele Garcia e disse que a acompanha politicamente a todos os mandatos, pelo partido que ela estive.

A “paz” governista

Com o PDT do prefeito Edvaldo Nogueira e o União Brasil de André e Yandra Moura, num quase pé de guerra, no PP de Laércio Oliveira a “paz” reina.

***O clima no partido anda morno, mas Fabiano Oliveira tem dito que sua candidatura à PMA é pra valer: “Ou cabeça de chapa, ou nada”.

Andanças em visitas

Fabiano tem peregrinado visitando lideranças. Já conversou com Belivaldo Chagas, com André Moura e Yandra Moura. Esteve também com a primeira-dama Érica Mitidieri, Daniele Garcia e o deputado Jéferson Andrade.

***O criador do Pré-Caju estará em Brasília semana que vem e terá encontros com o presidente nacional do PDT, Ciro Nogueira e com o presidente da Câmara, Arthur Lira. Quer voltar trazendo novidades na bagagem.

Alessandro e ministro

O senador Alessandro Vieira (MDB) classifica como “impressionante o desrespeito do ministro da Educação, Camilo Santana, em relação aos candidatos inscritos no Sisu.

*** Alessandro diz que o site não funciona e nenhuma nota explicativa do ministério foi postada. “Na volta dos trabalhos legislativos vamos convocar o ministro para explicações sobre esse descaso”.

Trabalho legislativo

A Assembleia Legislativa abre o seu terceiro período legislativo amanhã e cumpre o protocolo da leitura da Mensagem do Governo para os parlamentares.

*** Na sexta-feira (02) a Alese não tem sessão e o expediente só retorna para valer na terça-feira.

Giro pelas redes sociais

Gleisi Hoffmann – ONG Transparência Internacional tem longa trajetória de desinformação sobre os governos do PT, mas no relatório anual divulgado ontem passaram dos limites.

Folha – O governador de Minas, Romeu Zema (Novo), disse ontem em Belo Horizonte, que homem branco, heterossexual e bem-sucedido no Brasil é rotulado de “carrasco”.

GloboNews – Apuração do César Tralli: apenas uma assessora depôs até o momento, e Carlos Bolsonaro, segundo fontes, falou que só vai depor quando tiver acesso aos autos.

Metrópoles – Em áudio, deputado bolsonarista frita Bolsonaro: “Maior mau exemplo”. O deputado federal Zé Trovão, bolsonarista da “ala ideológica”, criticou duramente Jair Bolsonaro e não sabia que estava sendo gravado.

Lauro Jardim – Servidor flagrado ‘trabalhando’ dos alpes franceses tem processo arquivado pela Comissão de Ética.

Lula – Quem é de nós que não ficou chocado ao ver 700 mil pessoas morrendo por conta da pandemia e presenciar um governo inteiro negando a ciência e as vacinas?

José Nêumanne Pinto – Dez juízes condenaram Lula, mas só Moro paga: As sentenças de primeira instância condenando o presidente foram referendadas no TR3, STJ e STF.

Metrópoles – Macron volta a criticar proposta de acordo entre Mercosul e União Européia. “A França se opôs”.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também