Aracaju, 26 de fevereiro de 2024

E se Rogério disputar a Prefeitura?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmail.com

O governador Fábio Mitidieri disse ontem que a sucessão está sendo tratada, neste momento, nas reuniões de grupo e partidárias. Para ele, entretanto, “o processo já se iniciou”, lógico com conversas de membros da base aliada e com a abertura para pré-candidaturas através das legendas que integram o bloco. São cinco os pré-candidatos, mas os que estão na crista da onda são o indicado do PDT, Luiz Roberto, e a indicada pelo União Brasil, Yandra Moura, que atraem maior atenção das notícias políticas e mexem com o eleitorado, mesmo certos de que o vereador Fabiano Oliveira esteja começando a espalhar brasa entre as conversas que promove com lideranças e chama a atenção daqueles que ainda estão à busca do melhor candidato, dentro das ações de pré-campanha que começam a deslanchar.

Fábio Mitidieri deixa claro de que baterá o martelo no nome que for escolhido pela base aliada, assim como aconteceu com ele em 2022. O próprio Fábio não esquece o ato de Edvaldo naquele momento e demonstra não querer falhar no compromisso, embora haja uma absoluta visão contrária de alguns dos seus aliados. Uma coisa, entretanto, está certa: dificilmente na base se fixará apenas um nome, mas dois. O União Brasil está absolutamente decidido a indicar a pré-candidatura de Yandra Moura, independente da decisão sobre Luiz Roberto (PDT). Isso, lógico, é para se verificar mais adiante, depois de tentativas permanentes de conciliação e absoluta unidade do bloco, para se evitar um racha que pode acontecer mais à frente, quando se imaginar candidaturas ao Senado.

Mas há uma especulação, ainda tênue, badalada por um ou dois integrantes do PT e vinculados a Rogério Carvalho, que seria a candidatura do senador a prefeito de Aracaju. Já imaginaram? Isso já foi publicado pelo radialista Marcos Aurélio e desmentida por outros membros do PT no dia seguinte, inclusive por essa coluna. Ontem, entretanto, a conversa veio à tona. Com a saída de Eliane Aquino do jogo, duas lideranças expressivas se seguram no partido: o próprio Rogério e o ministro Marcio Macedo, que já optou por disputar o Senado em 2026. “Isso mexeria até com o presidente Lula”, disse um dos petistas mais ouriçados. Mas admite que é uma saída para o PT aparecer no pleito municipal e fortalecer uma estrutura que definha e não tende a crescer.

Fica a pergunta: mas Rogério deixaria de ser senador para ser prefeito? Não se pensa nisso porque a perspectiva é que ele não se eleja e mesmo assim toparia a disputa. A razão seria simples: candidato ao Governo em 2026 e disputando a eleição a prefeito em 2024, Rogério estaria angariando votos em Aracaju com o objetivo de se fortalecer no pleito a governador. Quer dizer: um partido como o PT que apagou o passado de lideranças como Marcelo Déda, voltaria a influir em uma campanha em que aparece tímido na Capital e no Interior. Apesar da chance de revigorar o petismo em Sergipe, através de Aracaju, o objetivo final de quem monta essa estratégia é que Rogério não se eleja prefeito, mas adube a sua candidatura ao Governo, que é o que ele deseja.

Mas fica aqui a última pergunta: apesar da dificuldade, e se ele se eleger? Bem, pode ficar bom para o seu vice…

Discurso bem acolhido

O discurso do governador Fábio Mitidieri, durante a posse de Fátima Bezerra (PT), na Presidência do Consórcio do Nordeste, foi de fortalecimento da região, sua valorização e reconhecimento pelo Governo Federal.

*** “O Nordeste é rico em energia solar, eólica, hidrelétrica, temos a maior termoelétrica da América Latina em Sergipe e nós precisamos assumir esse momento”, sugeriu Fábio.

*** O discurso foi amplamente acolhido por todos os governadores

Grande momento

Para Fábio Mitidieri, “Sergipe está em um grande momento econômico e os números comprovam isso”.

*** E revela o segredo: “montar uma boa equipe, planejar o Governo, seguir o planejamento, ter coragem para mudar e determinação para avançar”.

Abertura dos trabalhos

O ano de 2024 começa oficialmente para os deputados estaduais amanhã (Plenário errou ao noticiar que seria ontem) com a abertura dos trabalhos legislativos com presença de Fábio Mitidieri.

*** A presença do governador simboliza compromisso com a democracia, transparência e parceria com os legisladores. Mitidieri vai ler a Mensagem do Executivo.

Sexo seguro

A Prefeitura de Aracaju garante a pratica de sexo seguro durante o carnaval e vai adotar cuidados preventivos, focados em doenças como HIV/Aids, hepatites e sífilis.

*** Essa prevenção acontece todo o ano, mas a Prefeitura reforça o alerta nesse período de carnaval.

Pastor Diego muda

A informação circula nos bastidores da Câmara Municipal: vereador Pastor Diego (Republicano) apoia Yandra Moura (UB) e espera a janela de março para filiar-se ao União Brasil.

*** Ele é da igreja Quadrangular e pode levar membros que o seguem para o comando de André Moura, presidente regional do União Brasil.

Eliane anuncia decisão

A ex-governadora Eliane Aquino (PT), hoje atuando no Governo Federal em Brasília, não será mais candidata a prefeita de Aracaju. Ela deve anunciar hoje a decisão.

*** Segundo uma fonte petista influente, Eliane já teria conversado inclusive com o presidente Lula sobre a sua desistência de candidatura, cuja razão é a doença da mãe e de uma irmã, que residem em Brasília.

Clóvis enfim decide

O ex-conselheiro do TCE, Clóvis Barbosa, confirmou enfim que é pré-candidato a prefeito de Aracaju pelo PT. Sairá pela tendência ‘Avante’, que tem à frente a deputada federal Maria do Rosário.

*** O grupo em Sergipe tem à frente a socióloga Dandara, que foi candidata a deputada federal e não conseguiu eleger-se.

*** Clóvis já está conversando com filiados ao partido ou de outras legendas e passará o restante da semana concedendo entrevistas.

Emília e filiação

A vereadora Emília Corrêa (PRD) deve decidir se fica ou não no partido depois do carnaval. Mas, em conversa com aliados, a sua tendência é permanecer na legenda que está filiada.

*** Há muitas conversas, via imprensa, sobre partidos que ela pode filiar-se, mas até o momento não há qualquer intenção de Emília em mudanças partidárias.

*** Há comentários de que o PRD pode compor a base aliada e nesse caso a Emília vai para outro partido em março.

Registro de pré-candidatos

Aconteceu reunião do Diretório Municipal do PT, ontem à noite, para desencadear o processo interno de registro de pré-candidaturas para fazer um debate interno para escolha do candidato.

*** O presidente regional do PT, João Daniel, disse que caso não se chegue a um consenso sobre a candidatura, o partido tem um processo de prévia.

*** – Acredito que chegaremos a um consenso. Continua a mesma situação, abrindo para todos os nomes, que são as pré-candidaturas de Candisse, de Clóvis, temos consultas a Marcio Macedo e Eliane Aquino e estamos aguardando a decisão dela.

PP apoia Airton na Barra

O diretório municipal do Partido Progressistas (PP), na Barra dos Coqueiros, se reuniu na noite ontem, para oficializar a aliança com o ex-prefeito Airton Martins, que disputará mais uma vez a Prefeitura.

*** Estiveram lá o senador Laércio Oliveira, a ex-senadora Maria do Carmo Alves, o deputado Adailton Martins, o vice-prefeito Tinho Martins, vereadores e ex-vereadores.

Valmir e marqueteiro

Valmir de Francisquinho (PL), pré-candidato a prefeito de Itabaiana, disse que “não tem marqueteiro”. E acrescentou: “meus marqueteiros são Deus e o povo”.

*** Explicou que o partido “foi que contratou Bira e depois descontratou. Agora ele está aí querendo se colocar como marqueteiro, porque eu venci a eleição, entendeu?”.

Proteger usuários

O senador Alessandro Vieira (MDB) disse ontem que “como autor do PL 2630 alerto sobre o abuso das empresas desde o início da tramitação”.

*** – Precisamos de uma legislação que proteja os usuários sem colocar em risco a sua liberdade de expressão, disse.

E concluiu: “Projeto aprovado no Senado garante isso. É fundamental responsabilizar as big techs”.

Giro pelas redes sociais

GloboNews – O ministro Gilmar Mendes, do STF, determinou que a Justiça Eleitoral encerre ação penal contra o ex-prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), por suposto caixa 2 eleitoral.

Noblat – Crime organizado virou indústria multinacional e está na política e no Judiciário, diz Lula. Admite que “Não é uma coisa fácil de combater”.

Revista Fórum – Toc, toc, toc: Secom do governo Lula agiu de forma estrategicamente perfeita e precisa avançar, diz especialista.

Antagonista – Flávio Dino diz que viu “com espanto” o relatório da Transparência Internacional que indicou aumento da percepção da corrupção no Brasil

Revista Fórum – Sarrada Cósmica: Coach faz seguidora ter ‘orgasmo espiritual’ em público. O Brasil é um circo de horrores. Performance bizarra, rebolativa e sensual viraliza nas redes e gera burburinho.

Valor – O mercado não suporta Lula, tanto que já promoveu Haddad: Enquanto Lula for chefe de Estado e Haddad o chefe de governo, Brasil vai bem, diz gestor.

Maria – Porque bolsonaristas não admitem que Bolsonaro deu uma ajuda danada pra acabar com a Lava-jato? Cegueira?

Reinaldo Azevedo – General Heleno, chefe do GSI no governo Bolsonaro, terá de depor na PF sobre a Abin paralela. Só lhe resta dizer que não sabia de nada.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também