Aracaju, 30 de novembro de 2023

Esquentada na sucessão

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@.com

As eleições deram uma esquentada este final de semana em Aracaju, mas voltou ao normal no mesmo dia. A base aliada discute, com naturalidade, nomes de candidatos e o indicado sairá por decisão do governador Fábio Mitidieri (PSD), que tem o comando do bloco e não expressou sua opinião quanto à preferência. Tem conversado com lideranças e aconselhado aos prováveis concorrentes que trabalhem seus nomes junto ao eleitorado, para adquirirem popularidade, porque de qualquer forma o candidato sairá dos bons sinais que a maioria der. O prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) é que tem a preferência da indicação e o seu candidato é Luiz Roberto. O pessoal liderado por Nogueira mantém absoluta discrição e evita comentário, a posição de Luiz ainda não está em absoluta ascensão, tanto entre o eleitor, quanto aqueles que podem indicá-lo.

Quem também colocou o nome à disposição para disputar a sucessão, demonstra interesse e até cria perspectiva, mostrando-se em pré-campanha. Os seus líderes, que estão por trás da sua decisão, trabalham politicamente para ver se colocam o seu indicado para subir ao pódio. Com um aparte: esses políticos demonstram que são contra ao preferido por Edvaldo Nogueira, sempre levando em consideração uma razão: pelo padrão do padrinho e pelo entendimento de que ele indica o sucessor, todos veem risco de êxito. Entretanto, a decisão final não ocorrerá só pelo aval da maioria, mas pela opção do governador Fábio Mitidieri, porque espera do futuro prefeito posição de apoio e competência absoluta para administrar Aracaju, sem ter uma visão diferente do seu trabalho para desenvolvimento do Estado.

Não há data para a escolha. Agora falam que só depois do carnaval. É o certo. Entretanto, a impressão é que Sergipe pode ter uma prefeita eleita, pelo número de pré-candidatas que surge, com muito mais expressão eleitoral, o que complica um pouco a situação de candidatura masculina. O PT terá mesma duas candidatas: Eliane Aquino e Candisse Carvalho. Até já tirou Robson Viana da jogada, que pensou em suceder a Edvaldo, mas vai disputar mesmo seu retorno à Câmara Municipal. Ainda há muito a rolar para a disputa, o que deixa em dúvida quem tem maior chance, embora a vereadora Emília Correa apareça como preferida.
Rumos em discussão

Há radicalismos de grupos políticos para as eleições de 2026, exatamente persistência de candidaturas e isso pode trazer surpresas inclusive na base aliada.

*** Um vereador disse ontem que o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) não cruzará os braços caso o seu candidato a prefeito, Luiz Roberto, não consiga apoio da maioria.
Uma outra decisão

Há informações de que o grupo liderado pelo prefeito a aceite a decisão da escolha, mas lance Luiz Roberto pelo seu partido, aliado a outras legendas que o aceitem como candidato.

*** O mesmo vereador disse que “uma das dúvidas sobre essa ação de Edvaldo, seria o seu desejo de disputar o Senado em 2026 e vai precisar do apoio de todos”.
Inserções petistas

Segundo o cientista político André Carvalho, “começou a circular as inserções do PT sergipano. O partido usará o material na TV e nas redes sociais para reafirmar oposição ao governo de Mitidieri”.

*** E conclui: “A dúvida é se os ‘petistas pelegos’, que querem ir pro governo, querem se afirmar oposição a Mitidieri”.
Reafirma posição

O PT não personaliza os “petistas pelegos”, mas quem está no meio político sabe que a divisão de grupos dentro do PT vem já de algum tempo, mas agora quem reafirma oposição é o senador Rogério Carvalho, o que não é novidade.

*** Os petistas considerados ‘pelegos’, neste momento, são os que mantêm relação com o grupo do Governo Mitidieri, a partir do ministro Márcio Macedo.
Quebrará tradição

Fica bem claro, que o PT não sairá unido nas próximas eleições municipais, porque quem apoia a provável candidata Eliane Aquino, não ficará com Candisse Carvalho, ambas prováveis candidatas.

*** A tendência natural é que, quem for rejeitada, pode pular para outra sigla e competir nas eleições à Prefeitura, usando grupos e discursos diferentes.

*** Quebrará a tradição de que as divergências internas não se transformam em decisão adotada pela maioria.
Rodrigo e impeachment

O deputado federal Rodrigo Valadares anuncia que pediu o impeachment do ministro Silvio Almeida. Sua conduta questionável ao financiar a participação da Dama do Tráfico, Luciane Farias, em eventos governamentais é inaceitável.

*** Segundo Rodrigo Valadares, “O Brasil merece integridade, transparência e, sobretudo, respeito”!
Mudança de partido

Heleno Silva está tentando outro caminho político: trocar o Republicanos pelo União Brasil e ser candidato em 2026 a um mandato parlamentar. A informação é de um membro do partido.

*** Heleno tem se mantido em silêncio sobre política e não se movimenta, como dias atrás, em que pretendia disputar a prefeitura de Canindé.
Agressão à secretária

A secretário de Assistência Social de Santana do São Francisco, Maria (das Dores) do PT, sofreu violência verbal por parte do vice-prefeito André Graças (MDB).

*** O caso repercutiu muito e Maria recebeu apoio vias grupos sociais, inclusive da ex-vice-governadora Eliane Aquino (PT).

*** A cidade mostrou-se constrangida e reagiu às agressões do vice-prefeito.
Fiocruz e hepatite

O ministro Marcio Macedo (PT) informa que a Fiocruz já começou a entregar ao Ministério da Saúde dois medicamentos mais baratos e mais eficazes para tratar hepatite C no SUS.

*** – Ao todo, serão 800.800 unidades dos medicamentos Sofosbuvir e Declatasvir, com alto percentual de cura.
João Daniel em Cristinápolis

Não houve nada de lamentável com o deputado federal João Daniel (PT), em Cristinápolis. Segundo o vereador Landerrobso Ribeiro (PDT) ele apenas rompeu com o prefeito do município, que também é do PT.

*** Causa: o prefeito petista aliou-se ao deputado Gustinho Ribeiro (Republicano) e João Daniel se manteve com o presidente da Câmara, Adelino (PDT) e com a vice, Edilene.
Evento do Cidadania

Amanhã, pela manhã, o Cidadania estadual fará um evento na Assembleia Legislativa e trata sobre questões partidárias.

*** O presidente da sigla, Georgeo Passos, disse que não detectou nenhum insatisfação dos seus aliados com o PSDB e diz que os dois partidos se entendem bem.

Giro pelas redes sociais

De Maria – Problema não é privatizar. É privatizar pra quem não tem competência e estrutura pra dar conta do negócio.

Gleise Hoffmann – Depois de fugir da guerra, morte e sofrimento, os brasileiros repatriados da Faixa de Gaza estão sendo ameaçados aqui no Brasil e pedem proteção.

Orestes – Depois de fugir da guerra, morte e sofrimento, os brasileiros repatriados da Faixa de Gaza estão sendo ameaçados aqui no Brasil e pedem proteção.

Marcio Macedo – Paz e vida nova para os repatriados da Faixa de Gaza. Todos já receberam apoio do governo brasileiro em atendimento médico e psicológico, além de documentação e vacinas.

Leandro Demori – A direção do Estadão mandou e-mail para seus jornalistas na esteira da péssima repercussão sobre a matéria da ‘Dama do Tráfico.

Dora Krame – Gente, a Luciene Farias não é só mulher do traficante preso, é condenada por lavagem de dinheiro, associação ao tráfico e organização criminosa.

Metrópoles – Antonia Morais, filha de Gloria Pires e Orlando Morais, publicou vídeos no TikTok mostrando a mansão de seus pais e foi detonada.

Valor Econômico – Ministros do STF consideram ‘bobagem’ polêmica em torno de Dino por visita de esposa de criminoso no Ministério da Justiça.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também