Aracaju, 16 de junho de 2024
Search

Esquentada na sucessão

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@.com

As eleições deram uma esquentada este final de semana em Aracaju, mas voltou ao normal no mesmo dia. A base aliada discute, com naturalidade, nomes de candidatos e o indicado sairá por decisão do governador Fábio Mitidieri (PSD), que tem o comando do bloco e não expressou sua opinião quanto à preferência. Tem conversado com lideranças e aconselhado aos prováveis concorrentes que trabalhem seus nomes junto ao eleitorado, para adquirirem popularidade, porque de qualquer forma o candidato sairá dos bons sinais que a maioria der. O prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) é que tem a preferência da indicação e o seu candidato é Luiz Roberto. O pessoal liderado por Nogueira mantém absoluta discrição e evita comentário, a posição de Luiz ainda não está em absoluta ascensão, tanto entre o eleitor, quanto aqueles que podem indicá-lo.

Quem também colocou o nome à disposição para disputar a sucessão, demonstra interesse e até cria perspectiva, mostrando-se em pré-campanha. Os seus líderes, que estão por trás da sua decisão, trabalham politicamente para ver se colocam o seu indicado para subir ao pódio. Com um aparte: esses políticos demonstram que são contra ao preferido por Edvaldo Nogueira, sempre levando em consideração uma razão: pelo padrão do padrinho e pelo entendimento de que ele indica o sucessor, todos veem risco de êxito. Entretanto, a decisão final não ocorrerá só pelo aval da maioria, mas pela opção do governador Fábio Mitidieri, porque espera do futuro prefeito posição de apoio e competência absoluta para administrar Aracaju, sem ter uma visão diferente do seu trabalho para desenvolvimento do Estado.

Não há data para a escolha. Agora falam que só depois do carnaval. É o certo. Entretanto, a impressão é que Sergipe pode ter uma prefeita eleita, pelo número de pré-candidatas que surge, com muito mais expressão eleitoral, o que complica um pouco a situação de candidatura masculina. O PT terá mesma duas candidatas: Eliane Aquino e Candisse Carvalho. Até já tirou Robson Viana da jogada, que pensou em suceder a Edvaldo, mas vai disputar mesmo seu retorno à Câmara Municipal. Ainda há muito a rolar para a disputa, o que deixa em dúvida quem tem maior chance, embora a vereadora Emília Correa apareça como preferida.
Rumos em discussão

Há radicalismos de grupos políticos para as eleições de 2026, exatamente persistência de candidaturas e isso pode trazer surpresas inclusive na base aliada.

*** Um vereador disse ontem que o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) não cruzará os braços caso o seu candidato a prefeito, Luiz Roberto, não consiga apoio da maioria.
Uma outra decisão

Há informações de que o grupo liderado pelo prefeito a aceite a decisão da escolha, mas lance Luiz Roberto pelo seu partido, aliado a outras legendas que o aceitem como candidato.

*** O mesmo vereador disse que “uma das dúvidas sobre essa ação de Edvaldo, seria o seu desejo de disputar o Senado em 2026 e vai precisar do apoio de todos”.
Inserções petistas

Segundo o cientista político André Carvalho, “começou a circular as inserções do PT sergipano. O partido usará o material na TV e nas redes sociais para reafirmar oposição ao governo de Mitidieri”.

*** E conclui: “A dúvida é se os ‘petistas pelegos’, que querem ir pro governo, querem se afirmar oposição a Mitidieri”.
Reafirma posição

O PT não personaliza os “petistas pelegos”, mas quem está no meio político sabe que a divisão de grupos dentro do PT vem já de algum tempo, mas agora quem reafirma oposição é o senador Rogério Carvalho, o que não é novidade.

*** Os petistas considerados ‘pelegos’, neste momento, são os que mantêm relação com o grupo do Governo Mitidieri, a partir do ministro Márcio Macedo.
Quebrará tradição

Fica bem claro, que o PT não sairá unido nas próximas eleições municipais, porque quem apoia a provável candidata Eliane Aquino, não ficará com Candisse Carvalho, ambas prováveis candidatas.

*** A tendência natural é que, quem for rejeitada, pode pular para outra sigla e competir nas eleições à Prefeitura, usando grupos e discursos diferentes.

*** Quebrará a tradição de que as divergências internas não se transformam em decisão adotada pela maioria.
Rodrigo e impeachment

O deputado federal Rodrigo Valadares anuncia que pediu o impeachment do ministro Silvio Almeida. Sua conduta questionável ao financiar a participação da Dama do Tráfico, Luciane Farias, em eventos governamentais é inaceitável.

*** Segundo Rodrigo Valadares, “O Brasil merece integridade, transparência e, sobretudo, respeito”!
Mudança de partido

Heleno Silva está tentando outro caminho político: trocar o Republicanos pelo União Brasil e ser candidato em 2026 a um mandato parlamentar. A informação é de um membro do partido.

*** Heleno tem se mantido em silêncio sobre política e não se movimenta, como dias atrás, em que pretendia disputar a prefeitura de Canindé.
Agressão à secretária

A secretário de Assistência Social de Santana do São Francisco, Maria (das Dores) do PT, sofreu violência verbal por parte do vice-prefeito André Graças (MDB).

*** O caso repercutiu muito e Maria recebeu apoio vias grupos sociais, inclusive da ex-vice-governadora Eliane Aquino (PT).

*** A cidade mostrou-se constrangida e reagiu às agressões do vice-prefeito.
Fiocruz e hepatite

O ministro Marcio Macedo (PT) informa que a Fiocruz já começou a entregar ao Ministério da Saúde dois medicamentos mais baratos e mais eficazes para tratar hepatite C no SUS.

*** – Ao todo, serão 800.800 unidades dos medicamentos Sofosbuvir e Declatasvir, com alto percentual de cura.
João Daniel em Cristinápolis

Não houve nada de lamentável com o deputado federal João Daniel (PT), em Cristinápolis. Segundo o vereador Landerrobso Ribeiro (PDT) ele apenas rompeu com o prefeito do município, que também é do PT.

*** Causa: o prefeito petista aliou-se ao deputado Gustinho Ribeiro (Republicano) e João Daniel se manteve com o presidente da Câmara, Adelino (PDT) e com a vice, Edilene.
Evento do Cidadania

Amanhã, pela manhã, o Cidadania estadual fará um evento na Assembleia Legislativa e trata sobre questões partidárias.

*** O presidente da sigla, Georgeo Passos, disse que não detectou nenhum insatisfação dos seus aliados com o PSDB e diz que os dois partidos se entendem bem.

Giro pelas redes sociais

De Maria – Problema não é privatizar. É privatizar pra quem não tem competência e estrutura pra dar conta do negócio.

Gleise Hoffmann – Depois de fugir da guerra, morte e sofrimento, os brasileiros repatriados da Faixa de Gaza estão sendo ameaçados aqui no Brasil e pedem proteção.

Orestes – Depois de fugir da guerra, morte e sofrimento, os brasileiros repatriados da Faixa de Gaza estão sendo ameaçados aqui no Brasil e pedem proteção.

Marcio Macedo – Paz e vida nova para os repatriados da Faixa de Gaza. Todos já receberam apoio do governo brasileiro em atendimento médico e psicológico, além de documentação e vacinas.

Leandro Demori – A direção do Estadão mandou e-mail para seus jornalistas na esteira da péssima repercussão sobre a matéria da ‘Dama do Tráfico.

Dora Krame – Gente, a Luciene Farias não é só mulher do traficante preso, é condenada por lavagem de dinheiro, associação ao tráfico e organização criminosa.

Metrópoles – Antonia Morais, filha de Gloria Pires e Orlando Morais, publicou vídeos no TikTok mostrando a mansão de seus pais e foi detonada.

Valor Econômico – Ministros do STF consideram ‘bobagem’ polêmica em torno de Dino por visita de esposa de criminoso no Ministério da Justiça.

Leia também