Aracaju, 13 de abril de 2024

Perder-se na curva eleitoral

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmail.com

Há sinais claros de que os grupos formados em 2022 – alguns deles procedentes de anos anteriores – podem se perder na curva eleitoral que vem se tornando íngrime para as eleições municipais. Na capital e interior percebe-se essa tendência de estreitamento entre alianças que se criaram agora e remontam de outras épocas. Isso também acontece no segmento federal, porque a luta clara é pela manutenção do poder político e não pela reconstrução de uma estrutura que tenha a sociedade como instrumento de um projeto que a beneficie em todos os sentidos administrativos. O interesse pelo comando não é para mudar e fazer o melhor, mas pelo continuísmo, mesmo que tudo esteja equivocado. Ninguém segue um ritmo de fortalecimento dos itens sociais, mas adotam posturas de quem faz para ter um retorno nem sempre honesto e saudável.

Percebe-se que não se ouve mais anseios da população, porque o objetivo não é mudar o que por ventura esteja errado, mas ter um projeto que supere forças anteriores, mesmo que basta um toque a mais para manter o progresso e desenvolvimento. A oposição critica a situação – absolutamente correto – mas quando assume o comando administrativo não promove a mudança daquilo que tanto criticou. E isso, lógico, precisa mudar, para que melhore a educação, a saúde, a segurança, redução da fome e emprego, além de uma estrutura que imponha a economia produtiva, capaz de promover o desenvolvimento estrutural. A campanha não deve ser feita com afagos, sorrisos, festas e nem servir de espelho para o que fora realizado por quem indica, mas recheada de projetos que serão fundamentais para um atendimento concreto ao cidadão.

Além disso, o modelo político não transmite confiabilidade. Inclusive por culpa de um eleitorado que prefere saber o que ganha e não como será tratada a cidade. O pleito deste ano também se caracteriza pela provável concretização de rupturas em razão da visão gananciosa dos grupos, que não mensuram a capacidade de quem vai administrar. É um estilo que deve ser avaliado, para que o desenvolvimento realmente revele o sentimento maior de unidade em favor do povo. Não por uma Câmara que tenha a indignidade de seguir comandos e aprove até mesmo o que seja prejudicial à população. A política deve passar a ser a ciência do desenvolvimento, jamais do retrocesso.

Encontro do PSD

O governador Fábio Mitidieri participou, ontem, de encontro do PSD, no Rio, que define as prioridades do partido para os próximos seis meses.

*** Serão três dias de debates com a presença do Presidente Nacional do PSD, Gilberto Kassab, do líder do partido na Câmara dos Deputados, Antonio Brito, e do Prefeito do Rio, Eduardo Paes.

*** Além do governador, outros nomes do PSD sergipano estiveram presentes, como Katarina Feitoza, Nitinho Vitale e Fábio Reis.

Visita a terminais

Ainda no Rio, Mitidieri visitou o Terminal Intermodal Gentileza e ao Impa Tech, na Região Portuária, que foi inaugurado em fevereiro e conecta os serviços do mais novo corredor de BRT da cidade – o Transbrasil, do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) e dos ônibus municipais.

*** Hoje, desembarca em Sergipe para evento de lançamento do Plano Estadual de Combate à Violência Contra a Mulher e a abertura da Vila da Páscoa.

Sobre escolha da base

Fábio Mitidieri (PSD) não vai se expressar publicamente agora sobre as eleições municipais de Aracaju, mesmo que já tenha revelado seu compromisso.

*** Mitidieri acha que os partidos é que devem tratar sobre o assunto, levar suas deduções para a reunião da base aliada e definir o candidato por decisão da maioria.

*** Acha que o importante mesmo é manter a unidade e trabalhar por Aracaju e por Sergipe.

Edvaldo e Valadares

Exclusivo – A informação que chega à coluna é que o encontro entre o prefeito Edvaldo Nogueira e o ex-deputado Valadares Filho, na prefeitura de Aracaju, terça-feira passada, foi em clima de cordialidade e descontração.

*** Combinaram de conversar novamente ainda no mês de março.

*** Valadares é o presidente do Solidariedade em Sergipe e Edvaldo do PDT. Os dois partidos caminham para uma federação partidária em 2026.

Cidadania tem candidato

O Diretório Municipal do Cidadania em Aracaju, presidido pela ex-deputada Kitty Lima, aprovou, ontem à noite, a pré-candidatura própria do partido à Prefeitura de Aracaju.

*** O delegado Augusto César foi nome escolhido por oito votos a favor e três contras, e será o candidato a prefeito. O vereador Ricardo Marques foi contra.

*** A decisão foi comemorada pelo secretário geral do partido em Sergipe, o ex- vereador de Lagarto Itamar Santana.

Direito de cada partido

O senador Alessandro Vieira (MDB) continua entendendo que o melhor nome para disputar a Prefeitura de Aracaju é o de Daniele Garcia.

*** Segundo Alessandro, o nome dela está crescendo nas pesquisas, mas cada partido está no seu direito de indicar pré-candidatos

Diversidade no final

Sobre a possibilidade de quem for lançado pela base aliada ter apoio de rodos, ou se há  possibilidade de racha com a escolha de um, Alessandro diz:

*** – Embora exista um esforço de todos por unidade do bloco, é possível que exista uma diversidade de candidaturas no final do processo.

Ainda sem partido

Ainda não há qualquer sinalização sobre o partido que a pré-candidata à prefeita de Aracaju, Emília Correa, vai se filiar e formar um grupo.

*** O compromisso de anúncio seria a próxima segunda-feira e ela tem cinco siglas à disposição: PL, PSDB, Cidadania, Avante e PRD.

*** O partido que ela escolher pode dividir o grupo, mas se for PSDB/Cidadania e Partido Liberal e bloco está fechado.

Aprova pré-candidatura

O PT de Aracaju realiza amanhã o encontro municipal para definir a sua política voltada para as eleições municipais deste ano.

*** A informação é que delegados de  algumas tendências participam e devem aprovar a pré-candidatura de Candisse Carvalho à Prefeitura de Aracaju.

*** A Construindo um Novo Brasil, liderada por Márcio Macedo, não vai comparecer, embora o ministro esteja em Sergipe, onde participa da filiação do prefeito de Simão Dias, Cristiano Viana, no PT.

Adailton e trabalho

O prefeito de Itabaiana, Adailton Resende Sousa (PL), disse ontem que, no momento, o pré-candidato do grupo a prefeito está decidido: é Valmir de Francisquinho (PL).
*** – Quanto a mim estarei aqui trabalhando para terminar o meu mandato com responsabilidade e zelo pelo povo de Itabaiana, disse.

Delegado fanático

Segundo informação de Wendal Carmo, o delegado Joel Ferreira, acusado de agredir uma advogada na 6ª DM de São Cristóvão, já foi acusado de torturar presos em 2007.

*** As denúncias levaram ao seu afastamento, determinado pelo governador Marcelo Déda.

*** Ferreira é bolsonarista fanático e esteve no acampamento do 28º BC.

Canindé acirrada

O deputado federal João Daniel (PT) disse ontem que não vai falar sobre eleições em Canindé do São Francisco, mas deixou claro que Moacir Mota está à vontade para isso.

*** Disse que com a proposta para candidatura de Moacir a prefeito de Canindé deixou as coisas muito acirradas “e ele é uma pessoa importante, que precisa ser avaliada e eu acredito que só poderei conversar com ele no final de semana”.

*** Acrescentou que Moacir Mota está bem animado e “estamos construindo essa questão”. João Daniel diz que não dará entrevistas sobre Canindé, até que haja uma definição.

Café com as mulheres

Marcio Macedo chega hoje a Sergipe, para agenda familiar e pessoal. Ontem ele preparou um café da manhã para estar junto das funcionárias do Ministério da Secretaria-Geral e falou sobre o Dia Internacional de Luta das Mulheres.

*** – Lembramos que este é o Governo que conseguiu aprovar a lei de igualdade salarial, disse.

Revitalização do Centro

Em entrevista à imprensa, o secretário Luiz Roberto trata da revitalização do centro da cidade de Aracaju, com o avanço do projeto do prefeito Edvaldo Nogueira.

*** Jorge Araújo dá uma sugestão: “a Prefeitura de Aracaju poderia dar o exemplo, começando pela recuperação do seu antigo prédio, que está totalmente abandonado”.

Giro pelas redes sociais 

Metrópoles – Polícia procura casal que comprou roupas para foragidos de Mossoró. Fuga dos detentos ocorreu em 14 de fevereiro, data que marcou o primeiro episódio desse tipo no sistema prisional federal, criado em 2006.

PAN – Ana Maria Braga comenta que não se dá bem com maconha: “É um cheiro que comanda, você fica até meio tonto. Eu não me sinto bem com maconha. Não sou consumidora. Fumei muitos anos”.

Willian de Luca – O Jair Renan Bolsonaro começou sua pré-campanha a vereador em Balneário Camboriú. Primeira parada: um bingo de idosas.

Maria – Vocês se deram conta de que se fosse esta besta de agora, o negacionista do terrorismo, no tempo da pandemia, estaríamos igualmente fodidos ou até pior?

Uol Notícias – TSE multa comentarista da Jovem Pan em R$ 30 mil por ataque a Janja. Presidente da Corte, Alexandre Moraes disse que Pietra Bertolazzi “praticava dia e noite discurso de ódio” em uma “campanha negativa descarada”.

Gleisi Hoffmann – Sobre a escolha dos presidentes das comissões na Câmara, é preciso dizer que nada tem a ver com o governo. Lidamos com quem a população elege, levando em conta o tamanho das bancadas.

Tenente Edgard – Vai ganhar um picolé de graviola, quem citar três coisas que envolvem honra ética, moral e bons costumes, que a esquerda apoia.

Mídia Ninja – Deputado Nikolas Ferreira, Presidente da Comissão de Educação, é um tapa na cara dos educadores deste País!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também