Aracaju, 25 de fevereiro de 2024

Um redemoinho que espalha siglas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Diógenes Braynerdiogenesbrayner@gmail.com

Uma das notícias que viralizou, ontem, em Aracaju, foi à demissão de pessoas ligadas ao ex-deputado André Moura, presidente regional do União Brasil, da Prefeitura. O ato seria sinal de rompimento entre André e Edvaldo, cuja relação está abalada, em razão da sucessão municipal deste ano. Aproveitando a informação sem fonte definida, o radialista Marcos Aurélio chegou os dados da notícia e, na Prefeitura, houve o desmentido: “Edvaldo não exonerou cargos de André Moura na Prefeitura Municipal de Aracaju”. O fato será exposto hoje por Marcos em seu programa, o que desfaz mais um boato espalhado, de tantos outros que naturalmente surgirão neste período de pré-campanha em todas as tendências políticas, seja de situação ou de oposição, porque faz parte de um marketing que tende – e é correto – confundir e enfraquecer adversários.

À primeira vista percebe-se que o ambiente em um bloco que tem cinco dos seus membros disputando a mesma eleição majoritária, não pode sorrir e dar pancadinhas nas costas. Naturalmente cada partido defende o seu e vai ao encontro de escolha, cada um de nariz empinado. Lógico que o governador Fábio Mitidieri vai precisar de muita paciência e excesso de discernimento para comandar quem realmente tem melhor condição política e popular para enfrentar a sucessão de Edvaldo Nogueira. Terá que fechar com quem tenha condições de ter o aval do eleitor, que hoje não demonstra tanto interesse em ir às urnas e pouca simpatia pelo jogo político. O nome tem que disputar para ganhar e unir o bloco em torno de um projeto que supere o dos concorrentes. Não basta ser bem indicado, tem que mostrar competência, experiência e tendência para mudanças.

Não dá para camuflar que há um clima um tanto quanto hostil, entre lideranças, que pode prejudicar a indicação do melhor entre os que se põem como pré-candidatos. A afinidade política começa a ser exposta, mais entre os que indicam do que aqueles que vão para o embate, com objetivo de conquistar a simpatia popular. Houve mudanças no bom relacionamento que havia entre o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) e o ex-deputado André Moura (UB). Os dois também não agradam ao senador Alessandro Vieira (MDB), enquanto o senador Laércio Oliveira (PP) está tranquilo mas quer seu candidato, Fabiano Oliveira, como o indicado. Agora com a possibilidade da deputada federal Katarina Feitoza (PSD), convidada pelo presidente nacional do partido, Gilberto Kassab, para a disputa, a decisão final pode gerar um redemoinho e colocar partidos para todos os lados.

A hora é de pisar o pé no freio, refletir, avaliar e decidir por aquele que une o bloco, a fim de evitar respingos num futuro próximo.

Quinta candidata

A deputada federal Katarina Feitoza (PSD) atende a convite do presidente nacional do partido, Gilberto Kassab, e se torna a quinta pré-candidata da base aliada à prefeitura de Aracaju.

*** Cada um dos nomes tem seu partido a favor e fica dependendo do apoio de lideranças de legendas que não lançaram candidaturas próprias.

*** Um detalhe: Katarina é do mesmo partido do governador Fábio Mitidieri, que vai precisar de muita conversa para manter a unidade do grupo.

PSD vai avaliar

Na realidade o convite de Kassab não define candidatura de Katarina à Prefeitura, a deputada é que tem de se manifestar e colocar o nome a pré-candidata pelo PSD.

*** Tem quem considere que Katarina jogou certo, em razão de demonstrar acesso ao presidente do PSD, mas terá que ser avaliado pela sigla em Sergipe.

Perfume no ventilador

O secretário executivo da Administração, Jorge Araújo (PSD), postou ontem: “O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, ao lançar o nome da deputada federal Katarina Feitoza para Prefeita de Aracaju, colocou “Perfume no Ventilador” das eleições municipais”.

*** Jorge Araújo é ex-deputado estadual, um dos fundadores do PSD em Sergipe.

*** Para filiados de outros partidos e que têm candidato, não foi bem “perfume” que Kassab pôs no ventilador.

Falsa informação

Os grupos sociais, sites e portais insistem em citar o nome do ex-governador Belivaldo Chagas como provável secretário de alguma Pasta – principalmente Educação – no atual Governo.

*** Belivaldo não confirma e até se irrita sobre a falsa informação. Entretanto, a partir de uma reeleição do atual Governo, ele pode avaliar uma convocação para integrar a equipe.

Discutir desoneração

O senador Laércio Oliveira (PP) disse ontem que voltou a Brasília depois do recesso parlamentar e conversou com os Progressistas.

*** – Ao longo do ano, pretendo discutir a desoneração da folha de pagamento, limite de faturamento das Meias e Micro e pequenas empresas, e o projeto de lei dos fertilizantes.

Fábio vai à posse

Governador Fábio Mitidieri (PSD) participou da posse de Nitinho Vitale, como deputado Federal, e de Fábio Reis, como novo secretário da Representação de Sergipe em Brasília (Serese).

*** Fábio falou das trajetórias Nitinho e Fábio e exaltou competência, dedicação e comprometimento dos dois em trabalhar por Sergipe.

Nitinho em conversas

Ontem à noite, em conversa via telefone com o deputado federal Nitinho Vitale (PSD), ele disse que vai trabalha evitando discussões que dividem os parlamentares, porque acha que isso é ruim para o Brasil.

*** Nitinho defende que o Brasil precisa se unir em torno do seu povo. Ele já teve bons papos com os colegas, e está se sentindo como se estivesse “na Câmara em Aracaju”.

Fake News puro!

Não é verdade a informação divulgada por um programa de rádio em Aracaju, de que o ex-deputado Augusto Bezerra teria falado mal da deputada Carminha, envolvendo o prefeito Padre Inaldo.

*** Augusto Bezerra é aliado e amigo de Carminha e do padre Inaldo e a tem como “sua deputada”.

*** Caso Carminha seja escolhida candidata a prefeita de Socorro, terá todo o apoio e trabalho de Augusto Bezerra.

Conversa com Jozailto

Em conversa com o jornalista Jozailto Lima, o prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana, “levanta o crachá da advertência. Alto lá: e quem disse que ele é um antiFábio só por ter sido eleitor de Rogério Carvalho em 2022!?”

*** “Dito isso, segundo Jozailto, Marcos mantém ativado o projeto de eleger seu sucessor e espera uma ação republicana do governador no embate. Marcos vai de Júlio Júnior e Fábio de Diego Prado”.

Anselmo e mentira

O mestre em Direito Anselmo posta que “o discurso dos parlamentares de que o orçamento é da competência deles é uma mentira”.

*** – A única competência é a de aprovar e não administrar os recursos orçamentários como se fosse verba eleitoral. Isto não está na Constituição, ensina.

Adir candidato a prefeito

O advogado Adir Machado (PL) vai conversar mais intensamente com aliados depois do carnaval, para disputar a Prefeitura de Aracaju pelo partido.

*** Acha que será difícil um diálogo no bloco governista e disse que houve discursos sobre posições políticas de cada um, menos para administrar Aracaju.

*** O presidente regional do PL, Edvan Amorim, diz que o PL terá candidato a prefeito e que apoia o nome de Adir Machado como pré-candidato.

Giro pelas redes sociais

Globo News – O governo Lula deve manter a isenção de impostos a pagamentos para líderes religiosos, mas com restrições.

Noblat – O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que o desempenho econômico no primeiro trimestre de 2024 deve surpreender o mercado.

Antagonista – Magno Malta acusa Flávio Dino de “glamourização de crime” por projeto para “humanizar pequenos crimes”.

Globo News – Ministro do STF retira o sigilo do processo da Odebrecht na Lava Jato. Trecho mostra que a ONG Transparência Internacional ofereceu orientação para a designação de recursos oriundos de acordo de leniência.

Revista Fórum – Caso Dimas: o pequeno detalhe que separa o jogador de um possível crime Já se sabe a causa da morte da estudante de enfermagem Lívia Gabriele da Silva Matos, de 19 anos; resta saber o que a provocou.

Senado – O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco quer discutir sobre as decisões e mandatos do STF.

Sobre Vetos – “É falta de respeito com a Câmara dos Deputados e, sobretudo, com a liderança do presidente Arthur Lira”, diz líder do PL na Câmara, deputado Altineu Côrtes, sobre vetos do presidente Lula.

Jornal Razão – Briga generalizada fez com que festa de Santo Padroeiro no município catarinense de Itaiópolis terminasse em pancadaria generalizada.

 

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também