Aracaju, 15 de agosto de 2022

GMs poderão ser reconhecidas com poder de polícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Durante essa semana, a Câmara Federal esteve analisando a Proposta de Emenda à Constituição 32 (PEC 32), a conhecida Reforma Administrativa. Foram apresentadas diversas emendas a essa PEC, numa tentativa de reduzir os danos aos servidores públicos. O deputado federal Fábio Henrique (PDT/SE), que é membro da Comissão Especial que avalia a PEC, fez a defesa do destaque que dá o poder de polícia às guardas municipais.

“Essa é uma vitória importante na Comissão Especial, aprovamos agora uma emenda que reconhece o poder de polícia para as guardas municipais. É extremamente justo! Quando fui prefeito, criei, equipei e fiz concurso para a guarda em Nossa Senhora do Socorro; e hoje estou feliz por poder contribuir para fortalecer as guardas municipais de todo o Brasil”, destacou deputado.

Fábio Henrique fez a defesa de que os guardas municipais são homens e mulheres que trabalham armados, fardados e identificados, na proteção dos municípios e também no combate à criminalidade. “Não é justo que o guarda municipal exerça a atividade de polícia e não seja reconhecido como tal. A aprovação desse destaque à PEC 32 é fazer justiça”, afirmou o sergipano. A PEC segue para votação e aprovação nos plenários do Congresso.

Por Henrique Matos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também