Aracaju, 13 de abril de 2024

Rogério e Mitidieri parecem dois galos de briga

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
19

Por Adiberto de Souza *

É reprovável a deselegância dos debates entre o governador de Sergipe, Fábio Mitidieri (PSD), e o senador Rogério Carvalho (PT). Ontem, os dois voltaram a se bicar por conta de denúncias de perseguições políticas feitas anteriormente pelo petista. Com sangue nos olhos, o chefe do Executivo sugeriu que o senador “seja homem” e depois o chamou de “frouxão”. Em resposta no mesmo tom, Carvalho disse que Mitidieri possui um “perfil coronelesco” e prometeu não se calar “diante de suas perseguições”. Por fim, o senador sugeriu ao adversário para continuar “animando os auditórios em suas festas, enquanto aguarda os desdobramentos dos fatos”. Sinceramente, esse linguajar virulento lembra dois lutadores de artes marciais, que se afrontam com palavrões antes do pega pra capar. Ao se comportarem dessa forma, Mitidieri e Rogério se assemelham a galos de briga, andando em círculos à procura do melhor ângulo para usar os afiados esporões. Decididamente, Sergipe não merece políticos que descambam para o linguajar chulo na hora do confronto verbal. Quanta saudade do ex-governador Marcelo Déda (PT), um político de fino trato, que jamais baixava o nível na hora do embate político. Misericórdia!

Concorrência suspensa

O Tribunal de Contas de Sergipe surpreendeu o governo estadual ao suspender a licitação para a construção da ponte ligando o bairro Coroa do Meio à Avenida Tancredo Neves. A medida foi adotada pelo TCE depois de uma denúncia apresentada pelo Consórcio Aracaju, inabilitado da concorrência por suposto descumprimento de qualificações técnicas. A Secretaria Estadual do Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura vai recorrer para evitar que o início da obra atrase muito. A ponte e o viaduto a ser construído na avenida Tancredo Neves vão custar a bagatela de R$ 300 milhões. Então, tá!

Nova secretaria

Os protestos da minúscula oposição não impediram que a Assembleia aprovasse o Projeto de Lei criando a Secretaria Especial de Articulação com os Municípios. Segundo Linda Brasil (Psol), a nova pasta vai criar mais despesas para o governo. Já a bancada da situação defendeu a necessidade da nova Secretaria, que será comandada pelo deputado estadual Neto Batalha (PP). Com o afastamento do parlamentar, a sua cadeira na Assembleia vai ser ocupada pelo suplente Luiz Fonseca (PP), que se comprometeu a apoiar o candidato a prefeito de Boquim, Jorge Mitidieri (PSD), que vem a ser tio do governador Fábio Mitidieri (PSD). Ah, bom!

Uso político

O Banese e secretarias estaduais foram usadas num evento de cunho político eleitoral. Essa grave denúncia é do deputado estadual Marcos Oliveira (PL). Segundo o parlamentar, a solenidade, que contou com as participações do banco e de outros órgãos do governo, aconteceu em Itabaiana, “tendo ocorrido lançamentos de pré-candidaturas, inclusive com a presença do governador Fábio Mitidieri”, afirmou. Marcos Oliveira lembrou que o Banco Central proíbe a participações de instituições financeiras em atos políticos. Arre égua!

Apoio político

O presidente estadual do Solidariedade, Valadares Filho, anunciou apoio à pré-candidata à Prefeitura de Socorro da deputada estadual Carminha Paiva (PP). Ao comunicar o apoio político, o prefeito Padre Inaldo (PP) disse que a legenda comandada por Vavazinho é mais uma que se soma “ao grupo que continua forte e unido para disputar as eleições municipais”. Nem precisa dizer que a oposição socorrense vai recorrer à Justiça para tentar impedir a candidatura de Carminha, sob a alegação de que a fidalga é mulher do padre. Só Jesus na causa!

Grana fora de moda

Com a criação do Pix, em novembro de 2020, as pessoas usam cada vez menos o dinheiro em espécie para fazer pagamentos do dia a dia. Estudo do Banco Central mostra que, quando se trata de transações de valores mais altos, a preferência é por transferências bancárias, responsáveis por cerca de 65% de todo o volume financeiro de 2022. Já existiam mais de 160 milhões de usuários do PIX. O BC também observou crescimento expressivo da quantidade de transações com cartões de débito e pré-pago, influenciado pela expansão de instituições financeiras. Cruz, credo!

Amigos do rei

Ganha uma mariola de goiaba quem souber quantos conselheiros existem nas estatais e autarquias estaduais e qual o custo deles para os cofres públicos de Sergipe. À boca miúda, comenta-se que alguns apadrinhados participam de mais de um conselho, comparecem a apenas uma reunião mensal e embolsam uma grana razoável. Enquanto essa turma faz a festa, lambuzando-se com o dinheiro do povo, o servidor estadual se vira nos trinta para sobreviver com um salário que acaba antes do final do mês. Vala meu Deus!

Canteiro de obras

Péssima notícia para Sergipe: o canteiro de obras da ponte cruzando o Rio São Francisco e ligando Sergipe a Alagoas ficará na cidade alagoana de Penedo. De acordo com André Paes, superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), o canteiro de obras começa a ser instalado dentro de duas semanas. Avaliada em R$ 300 milhões, a ponte terá 1,18 quilômetro de comprimento, com 21 metros de largura, sendo previstas duas faixas de rolamento, faixas de segurança laterais, bem como passeios. Marminino!

Cadê o aeródromo?

Alguém sabe a quantas anda os estudos visando a construção de um aeródromo em Itabaiana? Em março do ano passado, os deputados estadual Marcos Oliveira (PL) e federal Ícaro Costa (PL), além do pai deste último, Valmir de Francisquinho (PL), bateram à porta do presidente da Infraero, Rogério Barzellay, a quem pediram um campo de pouso para a cidade serrana. À época, ficou acertado que uma equipe da estatal iria a Itabaiana fazer os estudos de viabilidade técnica do aérodromo reivindicado pelo trio. Só que, de lá pra cá, não se falou mais no assunto. Será que projeto sofreu uma pane? Assim também já é demais também!

Tratamento desigual

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) condenou o governo de Sergipe por usar dois pesos e duas medidas nos casos do meteorologista Overland Amaral e do secretário de Turismo, Marcos Franco (MDB), ambos acusados de violência doméstica. O primeiro foi sumariamente exonerado do cargo em comissão, enquanto o outro está em gozo de férias, como se nada tivesse acontecido. Georgeo perguntou qual será a postura do governo Mitidieri após os 30 dias das férias de Marcos Franco? “Há dois caminhos a serem procedidos: ou o acusado retorna à Secretaria de Turismo ou será exonerado”, frisou. Crendeuspai!

Horóscopo

Quem é do signo de peixes não deve sair de casa agora na Semana Santa, pois corre o risco de ser fisgado por um afiado anzol e virar uma saborosa moqueca, com mamão verde, leite de coco, azeite de dendê e pimenta de cheiro. Danôsse!

Recorte de jornal

 

 

 

 

 

 

Publicado no jornal aracajuano O Imparcial, em 5 de fevereiro de 1919.

Esta coluna é publicada pelos seguintes sites:  DestaquenotíciasInfonetFaxajuLuxoajuLeiamaisba, Espaço Livre e no jornal online Gazeta Livre.

É editor do Portal Destaquenotícias

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também