Aracaju, 30 de novembro de 2023

Sergipe silencia sobre a crise da Fafen

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
19

Por Adiberto de Souza *

Alguém tem alguma explicação para o estranho silêncio das autoridades sergipanas em torno da grave crise vivida pela Unigel, empresa responsável pelas Fábricas de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen’s) de Sergipe e da Bahia? No vizinho estado, os 384 trabalhadores do grupo já receberam aviso prévio, devendo ocorrer o mesmo em Laranjeiras caso a Unigel não consiga uma redução do preço do gás natural, principal matéria prima das duas fábricas. Aliás, a empresa já paralisou as duas Fafen’s este ano pelo mesmo motivo, só tendo reiniciado as atividades após um acordo com a Petrobras sobre o preço do gás. Segundo a Federação Única dos Petroleiros, o grupo está fazendo chantagem, usando a demissão dos trabalhadores como massa de manobra para atingir seus interesses econômicos e políticos. Ora, se isso for verdade, é muito grave. Urge que o governo de Sergipe e a nossa bancada federal apurem a acusação da FUP e acompanhem de perto a crise da Unigel antes que tenhamos de lamentar, como já aconteceu anteriormente, o desemprego em massa na unidade industrial de Laranjeiras. Home vôte!

País do forró

O forró agora é uma manifestação cultural do Brasil. O reconhecimento ocorreu, ontem, com a sanção da lei nesse sentido pelo presidente Lula da Silva (PT). O ritmo musical se junta a outras manifestações culturais reconhecidas como expressões artísticas com origem no país, como escolas de samba, festas juninas e a música gospel. O deputado federal Zé Neto (PT-BA) foi o autor do projeto sobre o forró. No Senado, a senadora Teresa Leitão (PT-PE) foi a relatora da matéria. Supimpa!

Deputado bagunceiro

O deputado federal João Daniel (PT) foi obrigado a encerrar abruptamente a sessão da Comissão de Legislação Participativa da Câmara que discutiu a guerra na Faixa de Gaza. É que o deputado bolsonarista Abilio Brunini (PL-MT) tumultuou os trabalhos ao afirmar que o apoio enviado à Palestina era o equivalente a dar suporte ao grupo terrorista Hamas. Sem conseguir controlar o bate-boca, João Daniel agradeceu aos convidados e encerrou os trabalhos. Abilio ficou conhecido na CPMI do 8 de janeiro por causar constantes tumultos, mesmo não sendo membro. Misericórdia!

Gelo sem uísque

O governador Fábio Mitidieri (PSD) prometeu dar um gelo no presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Sergipe, Jean Rezende. Motivo: o sindicalista tem cobrado do Executivo o cumprimento de um acordo feito em agosto passado. Entrevistado numa emissora de rádio, Mitidieri afirmou que se Jean continuar usando as redes sociais para criticar o governo “é capaz de eu lhe dar um gelo”. Alguém precisa dizer ao governador que se o presidente do Sinpol deixar de cobrar benefícios para a categoria quem lhe dará um gelo serão os policiais civis, que o acusarão se ser um pelego de marca maior. Marminino!

Pela educação

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou o Projeto de Lei do senador Laércio Oliveira (PP) autorizando o uso na área de educação dos recursos parados em programas inativos. Relatada pela senadora Damares Alves (PL), a proposta pode ajudar a superar a crise de financiamento da educação dos últimos anos. Segundo Oliveira, em abril de 2022, havia R$ 308,4 milhões de saldo em programas inativos na educação. “A incorporação deste projeto ao nosso ordenamento legal permitirá que várias obras sejam retomadas, beneficiando a população”, discursa Laércio. Então, tá!

Cara de pau

As línguas ferinas andam espalhando pelas esquinas de Sergipe que o prefeito de Canindé do São Francisco, Weldo Mariano de Souza (PT), precisa tomar um banho de sal grosso. E as danadas têm lá suas razões, pois o distinto vem apanhando mais do que pandeiro em samba. Outro dia, o jornalista Luiz Eduardo Costa chamou o gestor de ladrão juramentado. Ontem, o professor Hildebrando de Oliveira Júnior, um petista de carteirinha, disse o seguinte de Mariano: “Esse prefeito, que alugou temporariamente a sigla do meu prostituído PT, quando faz barba sai pó de serra”. Pé de pato mangalô três vezes!

Mundo cão

Pesquisa mostra que 65% das gestantes condenadas poderiam cumprir prisão domiciliar, por ter cometido crimes de menor poder ofensivo, como porte de drogas e pequenos furtos. Realizado pela Fiocruz, o estudo indica que 40% das presas gestantes têm mais de quatro filhos, a maioria não desejava a gravidez, 5% tentaram fazer aborto e 50% tiveram depressão pós-parto. Pior, somente 3% tiveram acompanhamento durante o parto, enquanto 40% não receberam nenhuma visita durante a gravidez. Só Jesus na causa!

Arrumando as malas

Muitos vereadores já começaram a arrumar as malas para trocar de endereço partidário.  Essa turma de insatisfeitos em suas atuais legendas aguarda março do próximo ano para pular a cerca. A legislação eleitoral prevê a chamada “janela partidária” seis meses antes das eleições. Por enquanto as conversas ocorrem nos bastidores, pois os caciques dos partidos não querem provocar o estouro da boiada. Quem está pensando em trocar de legenda também evita comentar publicamente para não contrariar os ainda aliados políticos. Aguardemos, portanto!

Bajuladores radiofônicos

Na imprensa de Sergipe tem comunicadores querendo ser mais realistas do que o rei. Ontem, alguns deles correram para defender o governador Fábio Mitidieri (PSD), criticado pelo hasteamento da bandeira de Israel no Palácio de Despachos. Apressados em bajular o pedessista, os danadinhos fizeram a defesa do ato falho do governo, elogiaram a carnificina promovida por Israel na Faixa de Gaza e ainda condenaram quem defende os palestinos. No mesmo horário, Mitidieri confessou, numa outra emissora de rádio, que o hasteamento da bandeira no Palácio foi um erro grosseiro, ao tempo em que pediu desculpas pela barbeiragem de sua equipe. Menos, chaleiras, menos!

Brincando de política

Já notaram como tem gente em Aracaju sonhando em se eleger prefeito ou vereador em 2024? Embora ainda falte muito tempo para o início da campanha eleitoral, figurinhas que jamais defenderam a população andam por aí abraçando o povo, dando tapinhas nas costas e prometendo mundos e fundos aos eleitores. Essa turma vai receber em breve a companhia daqueles eternos candidatos que só aparecem de quatro em quatro anos, tal qual a copa do mundo. Ao cidadão, aconselha-se abrir os olhos e fechar as casas, pois essa turma é mais grudenta do que carrapato. Crendeuspai!

Recorte de jornal

 

 

 

 

 

Publicado no jornal aracajuano A Notícia, em 8 de maio de 1897.

Esta coluna é publicada pelos seguintes sites:  DestaquenotíciasInfonetFaxajuLuxoajuLeiamaisba, Espaço Livre e nos jornais online Zona Sul e EncontrAqui news.

É editor do Portal Destaquenotícias

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também