Aracaju, 18 de julho de 2024
Search

ALESE APROVA PL QUE RECONHECE UTILIDADE PÚBLICA DA FEDERAÇÃO DAS SANTAS CASAS E HOSPITAIS FILANTRÓPICOS

logo_fed_se-768x353

De autoria da deputada Lidiane Lucena, propositura fortalece e credibiliza a atuação da Federase, que representa 10 hospitais históricos em todo estado

A Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) aprovou nesta terça-feira, 9, o Projeto de Lei 234/24, que reconhece a utilidade pública da Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos de Sergipe (Federase). De autoria da deputada Lidiane Lucena (Republicanos), a propositura representa um importante avanço no trabalho realizado pela instituição na luta por melhorias nos serviços prestados por 10 hospitais filantrópicos do estado, que juntos somam mais de mil leitos.

“A Federase é uma entidade que atua junto aos poderes públicos, visando contribuir com aperfeiçoamento da legislação e quaisquer atos normativos referentes ao segmento da saúde. É notória a importância dos nosocômios que compõem a Federase para dar suporte à saúde do Estado de Sergipe, diretamente à população que necessita de atenção e atendimento”, justifica a autora do PL.

De acordo com a presidente da Federase, Carolina Teixeira, o reconhecimento de utilidade pública é um importante marco, não apenas por legitimar o trabalho árduo e comprometido da instituição, mas, também, por possibilitar um impulso para que a Federase possa ampliar suas ações e projetos. “Com este título, seremos capazes de acessar e desenvolver novas ações e parcerias, potencializando a capacidade operacional e de gestão das instituições e melhorando ainda mais os serviços prestados”, destacou.

Além disso, o reconhecimento permite o acesso a importantes benefícios e incentivos, como isenções fiscais, prioridade em editais públicos, entre outros, ampliando as possibilidades da entidade de trabalhar com ações específicas e estratégicas para melhorar os serviços prestados à população.

“A Federase tem desempenhado um papel crucial no fortalecimento das instituições filantrópicas em Sergipe e consequentemente na saúde e bem-estar da população sergipana. Ao congregar e fortalecer as instituições filantrópicas, temos trabalhado incansavelmente para garantir a qualidade e a continuidade dos serviços de saúde, especialmente para os mais vulneráveis”, destaca Carolina Teixeira.

Para ela, a iniciativa da deputada Lidiane Lucena demonstra sensibilidade e compromisso com a saúde pública, valorizando as instituições que, mesmo com desafios constantes, continuam a oferecer cuidado e esperança a milhares de pessoas.

Filantrópicos

As Santas Casas e Hospitais Filantrópicos , somados, formam a maior rede hospitalar do Brasil e são responsáveis por mais de 50% dos atendimentos de média complexidade, e 70% da alta complexidade no Sistema Único de Saúde (SUS).

Fazem parte da rede de estabelecimentos representados pela Federase: Hospital Cirurgia; Hospital São José; Hospital e Maternidade Santa Isabel; Hospital São Pedro de Alcântara (Capela); Hospital Nossa Senhora da Conceição (Lagarto); Hospital Amparo de Maria (Estância); e o Hospital São Luiz Gonzaga (Itabaianinha).

Assessoria/ Federase

Leia também