Aracaju, 13 de abril de 2024

Emília destaca importância de políticas públicas no Dia Mundial do Autismo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
8eb3c007-3352-46a7-8a25-0ce7cba37d72

Na data em que se celebra o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, a pré-candidata à prefeitura de Aracaju, Emília Corrêa (PL), enfatiza a necessidade urgente de ampliar e fortalecer as políticas públicas voltadas para o atendimento às pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) na cidade. A declaração vem em um momento crucial, refletindo dados alarmantes divulgados recentemente pelo Centers for Disease Control and Prevention (CDC) dos Estados Unidos, que indicam um aumento significativo nos diagnósticos de autismo – de um caso em cada 150 crianças em 2000 para um caso em cada 36 crianças em 2020.

A pré-candidata ressalta que, embora não existam estatísticas específicas para a população brasileira, os números do CDC servem como um indicativo preocupante do que também pode estar ocorrendo no Brasil e, por extensão, em Aracaju. “Esses dados são um chamado à ação. Precisamos entender as necessidades das pessoas com autismo e de suas famílias para criar uma cidade verdadeiramente inclusiva”, afirma.

Emília Corrêa propõe uma série de medidas para atender à crescente demanda por suporte e inclusão das pessoas com TEA. Entre as ações sugeridas estão a criação de centros de atendimento especializado, a capacitação de profissionais da educação e saúde, e a implementação de programas de inclusão social e profissional. “É fundamental que as políticas públicas reconheçam e atendam às diversas necessidades das pessoas com autismo, garantindo-lhes qualidade de vida e plena participação social”, destaca.

A oposicionista também ressalta a importância da conscientização e da quebra de estigmas associados ao autismo. “Precisamos promover uma maior compreensão sobre o TEA, combatendo preconceitos e garantindo respeito e dignidade para todas as pessoas com autismo”, pontua.

A matéria do G1 sobre o aumento nos casos de autismo nos Estados Unidos serve como um lembrete da necessidade de políticas públicas eficazes e adaptadas à realidade das pessoas com TEA. Emília Corrêa se compromete a fazer da inclusão uma prioridade em sua plataforma política, visando transformar Aracaju em um modelo de cidade inclusiva e acolhedora para todos.

Neste dia tão simbólico e importante, a mensagem de Emília Corrêa é clara: é hora de unir esforços para garantir que nenhuma pessoa com autismo fique para trás. Com políticas públicas robustas e uma comunidade informada e engajada, é possível construir um futuro mais inclusivo e justo para todos.

Por Ascom/ Emília Corrêa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também