Aracaju, 13 de abril de 2024

GLÓRIA: PARA LUANA OLIVEIRA, SUCESSÃO DA LIDERANÇA POLÍTICA DE SÉRGIO OLIVEIRA NÃO DEVE SER PRIORIDADE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Luana Oliveira no podcast Casa de Sopapo

A prefeita de Nossa Senhora da Glória, Luana Oliveira (PSD) afirmou à jornalista Katia Santana, no podcast Casa de Sopapo, que a sucessão da liderança de Sérgio Oliveira (PSD) à frente do grupo político governista é um tema para ser discutido depois do pleito municipal deste ano. Sérgio anunciou publicamente que se afastará da política partidária a partir de 2026.

Com a futura saída de Sérgio, que é irmão de Luana, da direção da base de situação, a posição ficará vaga, e, segundo Luana, ela vai ocupá-la, mas deu um prazo para a permanência. “Eu vou exercer esse papel até os dois últimos anos finais do mandato, caso seja reeleita”, afirmou, acrescentando que, agora, essa não é uma preocupação para ela. Luana deixou em aberto o que ocorrerá ao final desse período.

De acordo com Luana, diante da sua pré-candidatura à reeleição no município, Sérgio, que é seu irmão, deveria estar focado na recondução dela ao Executivo. “Eu falei para ele que não iria o julgar, porque é uma decisão dele, mas acho que está muito cedo. Estou indo para uma reeleição, como é que eu vou dizer: ‘estou saindo da política’. O principal nesse momento é terminar esses quatro anos e contribuir ainda mais para a nossa cidade”, destacou ela.

Oposição

Em Nossa Senhora da Glória, os principais nomes do cenário político local são aliados da base governista. Na Câmara Municipal, dos 13 vereadores que compõem a Casa, apenas um é de oposição: Alex Santos Souza (PSD), o Alex Pintado. Por conta disso, a expectativa é de um pleito sem ameaças à reeleição de Luana. “Ele [Alex] faz a política dele, da forma que ele acha que é certa, e a gente segue”, disse.

Casa de Sopapo é um podcast de política realizado pela Set Comunicação Estratégica.

A prefeita destacou que foco deve ser a reeleição

A prefeita de Nossa Senhora da Glória, Luana Oliveira (PSD) afirmou à jornalista Katia Santana, no podcast Casa de Sopapo, que a sucessão da liderança de Sérgio Oliveira (PSD) à frente do grupo político governista é um tema para ser discutido depois do pleito municipal deste ano. Sérgio anunciou publicamente que se afastará da política partidária a partir de 2026.

Com a futura saída de Sérgio, que é irmão de Luana, da direção da base de situação, a posição ficará vaga, e, segundo Luana, ela vai ocupá-la, mas deu um prazo para a permanência. “Eu vou exercer esse papel até os dois últimos anos finais do mandato, caso seja reeleita”, afirmou, acrescentando que, agora, essa não é uma preocupação para ela. Luana deixou em aberto o que ocorrerá ao final desse período.

De acordo com Luana, diante da sua pré-candidatura à reeleição no município, Sérgio, que é seu irmão, deveria estar focado na recondução dela ao Executivo. “Eu falei para ele que não iria o julgar, porque é uma decisão dele, mas acho que está muito cedo. Estou indo para uma reeleição, como é que eu vou dizer: ‘estou saindo da política’. O principal nesse momento é terminar esses quatro anos e contribuir ainda mais para a nossa cidade”, destacou ela.

Oposição

Em Nossa Senhora da Glória, os principais nomes do cenário político local são aliados da base governista. Na Câmara Municipal, dos 13 vereadores que compõem a Casa, apenas um é de oposição: Alex Santos Souza (PSD), o Alex Pintado. Por conta disso, a expectativa é de um pleito sem ameaças à reeleição de Luana. “Ele [Alex] faz a política dele, da forma que ele acha que é certa, e a gente segue”, disse.

Casa de Sopapo é um podcast de política realizado pela Set Comunicação Estratégica.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também