Aracaju, 13 de abril de 2024

Bloco PSD/União/Podemos pode eleger cerca de 50 prefeitos em 2024

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
20

Quem está apostando em um rompimento político do governador Fábio Mitidieri (PSD) com o ex-deputado André Moura (União), por conta da disputa pelo comando da Prefeitura de Aracaju, pode terminar 2024 com um “choque de realidade”: somando o chefe do Executivo que tem uma oposição fragilizada e pouco barulhenta com o poder de articulação e estratégia de André, a tendência é que o bloco de partidos formados pelo PSD/União/Podemos pode eleger este ano cerca de 50 dos 75 prefeitos do Estado de Sergipe.

Considerando que outros partidos da base aliada como PP, MDB e PDT também podem eleger gestores pelo interior, a conclusão é que não existem razões para justificar uma suposta “rusga” entre Fábio Mitidieri e André Moura que alguns setores tentam formalizar como uma narrativa. O primeiro é pré-candidato natural à reeleição e tem todas as condições de atingir seus objetivos; André não esconde de ninguém que seu projeto é disputar uma das cadeiras do Senado Federal e é evidente que o apoio da prefeita de Aracaju seria, estrategicamente, fundamental.

Uma legenda de oposição que disputou o governo em 2022, o Partido dos Trabalhadores, mesmo com o ministro Márcio Macedo, o senador Rogério Carvalho e o deputado federal João Daniel, a tendência é que o resultado das eleições municipais seja ainda mais “trágico” do que já aconteceu em 2022, quando a legenda só conseguiu eleger um deputado estadual (que vota com o governador na Alese) e um deputado federal mediante decisão judicial bastante questionável. O PT vai ter que lutar muito para eleger prefeitos pelo interior sergipano…

Por sua vez, o PL liderado por Valmir de Francisquinho parece focado em Aracaju, Itabaiana e Areia Branca; o partido que tem muita força na região Agreste (reduto político de Valmir) perdeu alguns de seus quadros que já migraram para a base do governador ou caminham politicamente com André Moura. Em Aracaju o cenário é liderado pela vereadora Emília Corrêa que vai disputar a prefeitura; em Itabaiana e Areia Branca, Valmir e Tallysson (pai e filho) estarão focados em seus compromissos, numa clara formatação de um projeto político que poderia ficar prejudicado.

Em síntese, Fábio Mitidieri e André Moura são líderes políticos reconhecidos na atualidade, sabem estruturar partidos e fortalecer agrupamentos. Um precisa do outro para, juntos, alcançarem seus objetivos em 2026. Estamos falando de dois políticos profissionais que possuem bom trânsito em todo o território sergipano, como também na capital federal, seja na Câmara dos Deputados, no Senado e até em órgãos e Ministérios do governo federal. Fábio e André têm maturidade suficiente para entenderem que o cenário após as eleições de 2024 será bastante animador.

Em muitos dos 75 municípios do nosso Estado teremos uma disputa entre prefeitos e pré-candidatos, mas na maioria deles num “embate” entre PSD e União Brasil, ou seja, teoricamente, independente de quem ganhar ou perder, se permanecerem juntos, Fábio Mitidieri e André Moura vão iniciar 2025 liderando (com sobras) o maior agrupamento político de Sergipe, consolidando seus respectivos projetos para as eleições de 2026. Os números provam que a disputa pela PMA, tem sim um “peso” maior, mas não deverá representar qualquer tipo de rompimento, independente do resultado do pleito…

Veja essa!

O senador Laércio Oliveira confirmou para este colunista que o engenheiro civil Vitor Mandarino, que se filiou recentemente ao PP, vai disputar a Prefeitura de Itaporanga contra o também pré-candidato Ivan Sobral e a ex-prefeita Gracinha Garcez. Laércio se mostrou confiante no projeto político.

E essa!

Na oportunidade, Laércio confirmou o fim de uma relação política com o prefeito Otávio Sobral (pai do deputado Marcelo Sobral) e reconheceu que o gestor deve deixar os Progressistas em breve. O senador não polemizou, mas ficou claro que existiu um “arranhão” que “sentenciou” a aliança entre as partes…

Olha o PP!

Laércio explicou que o PP tem oito prefeitos na atualidade e a expectativa é eleger em 2024 de 12 a 15 gestores, considerando que a legenda terá pré-candidatos em 25 municípios, aproximadamente. “Hoje temos dois vice-prefeitos e a nossa previsão é que a partir do próximo ano teremos muito mais”.

Grande Aracaju

Além da pré-candidatura de Fabiano Oliveira em Aracaju, Laércio confirmou que o PP vai apoiar Airton Martins (PSD) na Barra dos Coqueiros; Diego Prado (MDB) em São Cristóvão; e a deputada Carminha (apoio do prefeito Padre Inaldo) em Nossa Senhora do Socorro!

Falando em Socorro!

O atual vice-prefeito Manelito Franco se filia no PP em ato programado para a tarde desta segunda-feira (1º) em Nossa Senhora do Socorro, com o ex-prefeito Zé Franco assumindo o comando do Diretório Municipal. Manelito segue como vice na chapa encabeçada por Carminha contra o deputado estadual Samuel Carvalho (Cidadania).

Falando em São Cristóvão!

A relação de Denakê (esposa do ex-vice-prefeito Adilson Júnior) com o prefeito Marcos Santana e o deputado Paulo Júnior parece ter “azedado” de vez. Ela é filiada ao União Brasil, legenda que abrigará o pré-candidato a prefeito Júlio Júnior, e estava cotada para ser a vice na chapa majoritária.

Foi rifada?

Supostamente “rifada” (a vice será Gedalva Umbaubá), Denakê gravou um vídeo em suas redes sociais externando o que aconteceu e se dizendo “traída” pelos dois líderes do grupo. Chegou a afirmar que não confia em disputar uma cadeira na Câmara Municipal pelo agrupamento. Alguns setores apostam que o rompimento se consolidará nesta segunda-feira (1º). Será?

Gedalva Bolsonarista?

A filiação da pré-candidata à vice-prefeita de São Cristóvão, Gedalva Umbaubá, no Partido dos Trabalhadores, continua dando o que falar. Militantes “históricos” da legenda estão atentos para a revolta de integrantes do PT com a chegada de Gedalva. A informação de que a pré-candidata foi apoiadora do ex-presidente Jair Bolsonaro incomodou muita gente na legenda e provou que a “estrela” anda “partida”…

Exclusiva!

Chega a informação que a reunião do Conselhão liderada pelo governador Fábio Mitidieri, prevista para acontecer nesta segunda-feira (1º), deve ser cancelada. O encontro serviria para convencer os líderes do agrupamento para unificar o apoio para a pré-candidatura de Luís Roberto (PDT), mas a pré-candidatura de Yandra Moura (União), por exemplo, é algo irreversível atualmente.

Bomba!

Olhando para o Senado em 2026, uma fonte dentro do Partido dos Trabalhadores informa que o ministro Márcio Macedo pode liberar alguns dos seus “liderados” para apoiarem o projeto de Luís Roberto (leia Edvaldo Nogueira) para a PMA. Um deles seria o presidente do Solidariedade, o ex-deputado Valadares Filho. A informação é guardada com muito sigilo, mas ainda assim chegou para este colunista…

Faz sentido!

O problema seria que Márcio Macedo parece não ter interesse no fortalecimento da pré-candidatura de Candisse Carvalho (PT) para a PMA. Ela é esposa do senador Rogério Carvalho que anda desgastado junto à classe política após alguns ataques às instituições sergipanas e pode ter prejudicada uma pré-candidatura majoritária em 2026, seja para o governo, seja para o Senado. Vagas que despertam interesse em Márcio…

Apoios para Yandra I

Dentro da janela partidária, a pré-candidata à prefeita de Aracaju, Yandra Moura (União) fortaleceu ainda mais seu projeto político com as chegadas no União Brasil da já vereadora Sheyla Galba (referência no tratamento oncológico em Sergipe) e o influenciador Gordinho do Povo que está “pronto, preparado e querendo” uma cadeira na Câmara Municipal de Aracaju.

Apoios para Yandra II

Também se somam ao projeto de Yandra Moura, agora pelo Podemos, o vereador Cícero do Santa Maria (que permanece na legenda), além dos ex-vereadores Adriano Taxista, Seu Marcos e Sávio Neto de Vardo. Há a expectativa pela filiação do ex-governador Belivaldo Chagas também no Podemos, ainda esta semana, e o “Galeguinho” deve compor a chapa majoritária encabeçada por Yandra Moura.

Elber & Sindipetro

O vereador Elber Batalha Filho (PSB) se reuniu com diretores do Sindipetro (Sindicato Unificado dos Trabalhadores Petroleiros, Petroquímicos, Químicos e Plásticos nos Estados de Alagoas e Sergipe) para tratar de uma audiência pública prevista para ser realizada no próximo dia 30, na Câmara Municipal de Aracaju, sobre a discussão da volta da Petrobras para Sergipe.

Luciano Pimentel

Nesta terça-feira (2), a partir das 14 horas, no plenário da Assembleia Legislativa, será realizada uma sessão especial proposta pelo deputado estadual Luciano Pimentel em celebração ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo. No evento serão tratadas as leis que versam sobre os direitos dos autistas.

Ludwig é pré-candidato

Depois de apoiar muita gente boa em outras oportunidades, o radialista Ludwig Oliveira é pré-candidato a vereador de Aracaju pelo Avante e já liderando o processo de filiações na legenda com o objetivo de formalizar uma chapa competitiva na proporcional. Nomes bem conhecidos da música sergipana já começaram a declarar apoio ao comunicador que em sua trajetória sempre valorizou a cultura e a arte sergipanas.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também