Aracaju, 18 de julho de 2024
Search

Valadares Filho entrará em contradição com Luiz Roberto ou com Danielle Garcia

20

Há muito tempo este colunista aprendeu que “existem três coisas na vida que não retornam: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida”. Este pensamento nos remete sempre uma ampla reflexão e, trazendo-a para o cenário político sergipano, mais precisamente para a sucessão municipal em Aracaju, a impressão é que podemos fazer uma espécie de “analogia” com o agora pré-candidato desincompatibilizado Valadares Filho (Solidariedade), cotado para ser “cabeça de chapa” e, com maior expectativa para vice-prefeito da capital.

Se pensa em disputar a PMA mais uma vez, para este colunista é mais um erro estratégico de Valadares Filho, considerando que ele já foi lançado para o cargo (2012), mas findou perdendo a oportunidade naquele momento, como também na eleição para prefeito da capital em 2016. Chegou até a ser desafiado para disputar o governo do Estado (2018), mas daí em diante sua trajetória política só desandou e ele deixou de ser aquele protagonista, para atuar como “coadjuvante” (2022) ou apenas para fazer “figuração” (2020), em plena pandemia.

Agora, sem espaço no cenário político sergipano, Valadares Filho estava atuando em Brasília (DF), sob o comando do ministro Márcio Macedo (PT), atuando na abertura de portas para prefeitos e autoridades sergipanas dos Ministérios e órgãos federais. Diante da “guerra fria” entre Márcio e o senador Rogério Carvalho (PT), pelo comando do Diretório do PT sergipano, Valadares Filho ressurgiu como um “plano B” para o ministro, que não apoia a pré-candidatura petista de Candisse Carvalho e lhe encoraja para disputar a PMA ou para compor a chapa majoritária com alguém.

Neste caso, sobem as especulações de que Valadares Filho não exatamente iria “para o sacrifício” de disputar a prefeitura, mas poderia fazer dois tipos de composições: a mais esperada e que este colunista já antecipou faz tempo é numa estranha reaproximação do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), que terá Luiz Roberto (PDT) como alternativa para a sua sucessão em Aracaju. Neste sentido, o ex-deputado seria um possível pré-candidato a vice, mas voltando à reflexão do início do comentário, após a “palavra pronunciada”, ou seja, depois de fazer oposição dura por anos ao atual gestor da capital.

Valadares Filho não perde apenas o discurso, mas se oficializar esta aliança estará desprezando os quase 135 mil votos que recebeu em 2016, como candidato a prefeito, e os quase 110 mil votos que recebeu em 2020, neste caso como vice-prefeito de Danielle Garcia (MDB). Mas, falando da delegada, aí entra outra contradição do ex-deputado: seu nome também é cotado para ser pré-candidato a vice-prefeito novamente de Danielle. A contradição? Danielle vem sendo votada, nas últimas eleições, pelo eleitorado bolsonarista, sendo que Valadares sinaliza para o eleitorado lulista.

Seria como uma repetição da polêmica aliança entre Valmir de Francisquinho (PL) e Rogério Carvalho (PT) em 2022 e todos nós já sabemos o resultado…Em síntese, o presidente do Solidariedade volta para Sergipe, para se dedicar ao projeto eleitoral, mas terá que definir se irá disputar a PMA, com o discurso de unificar os partidos que dão sustentação ao governo Lula, ou se entrará em contradição sendo o pré-candidato a vice-prefeito de Luiz Roberto ou de Danielle Garcia. Tirando as “três coisas que não voltam”, qualquer outra decisão é passível de ampla reflexão e prudência…

Veja essa!

A informação é que se a “pendenga” entre Rogério Carvalho e Márcio Macedo perdurar durante a campanha eleitoral, dificilmente o presidente Lula virá a Sergipe para participar das eleições municipais. Em Aracaju, por exemplo, a disputa segue polarizada por duas pré-candidaturas que não têm o apoio do PT.

E essa!

Por sua vez, setores da Direita sergipana vão trabalhar para trazer o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) para a campanha da pré-candidata Emília Corrêa na capital. Existe a possibilidade, inclusive, de se tentar levar Bolsonaro para o interior do Estado, possivelmente Itabaiana ou Lagarto…

Emília com Ricardo

Encerrado o suspense: o vereador Ricardo Marques (PSDB) é o pré-candidato a vice-prefeito de Aracaju na chapa encabeçada pela também vereadora Emília Corrêa. A majoritária ganha em qualidade e discurso, mas a proporcional perde um grande “puxador de votos”.

PL x PSDB/Cidadania

Com o fortalecimento da chapa majoritária com Emília e Ricardo, os pré-candidatos a vereador do PL estão sorrindo à toa porque fortalece a tendência de que a legenda pode eleger três vereadores em Aracaju; já a Federação PSDB/Cidadania terá muito trabalho pela frente para eleger um vereador, pelo menos.

Bomba!

Este colunista vai antecipar agora, algo que vai “bombar” em 2024: teremos uma “chuva” de “candidaturas femininas fakes” para vereador. A verdade é que, apesar de muita mídia, a mulherada não está estimulada a entrar na política e disputar mandatos. Muitos Diretórios estão atravessando dificuldades…

Exclusiva!

Como o “peso” de uma pré-candidatura feminina é diferenciado, a busca por mulheres tem sido intensa, mas o desinteresse é grande. E o pior: muitas das que aceitaram a filiação, agora já não estão interessadas em seguir na disputa. Uma exigência absurda que não resolve o problema e cria o maior transtorno para a formação das chapas.

Apagar das luzes I

Para a reflexão dos leitores: Aracaju tem problemas crônicos há anos, como o sistema do transporte coletivo, por exemplo. Mas o que chama atenção é que só agora, quando os atos da PMA não poderão ser publicizados por conta da legislação eleitoral, o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) decidiu anunciar a licitação. Coincidência, não?

Apagar das luzes II

Não custa lembrar que esta promessa da licitação do transporte coletivo foi feita ainda na campanha eleitoral de 2016, ou seja, Edvaldo nem tinha voltado para a PMA e já prometia e agora vai sair da prefeitura e não deverá tirá-la do papel. Mas propaga como se fosse um mérito. É mole? O que uma eleição não faz…

Apagar das luzes III

E a crítica não vale apenas para o transporte coletivo. Diversas obras foram anunciadas, na última semana, inclusive com assinaturas de ordens de serviços no “apagar das luzes”. Agora as perguntas que não querem calar são: elas serão concluídas antes das eleições, depois ou ficarão para a futura gestão realizar?

Yandra Moura I

A deputada federal Yandra Moura, coordenadora do Observatório Nacional da Mulher na Política e pré-candidata a prefeita de Aracaju, apresentou o Projeto de Lei 2.675 de 2024, que visa instituir o Programa Bairro Mais Perto, para facilitar o acesso a serviços básicos e oportunidades econômicas, promover a mobilidade sustentável e a inclusão social, além de incentivar o desenvolvimento econômico local, melhorar a qualidade de vida e a segurança dos moradores.

Yandra Moura II

O Programa Bairro Mais Perto propõe transformar as cidades brasileiras em espaços onde os cidadãos possam acessar todas as suas necessidades diárias em um raio de até 2 km. Isso inclui serviços de saúde, educação, segurança, comércio, lazer e oportunidades de trabalho.

Yandra Moura III

Para viabilizar o programa, serão realizadas ações como o planejamento e construção de ciclovias e calçadas acessíveis, a melhoria do transporte público com ônibus acessíveis e a instalação de estações de bicicletas e scooters elétricas compartilhadas. Além da construção e reforma de unidades de saúde, escolas e creches, bem como a criação de centros comunitários para atividades culturais e esportivas.

Yandra Moura IV

Yandra Moura acredita que a execução bem-sucedida do Programa Bairro Mais Perto proporcionará cidades mais humanas, inclusivas e sustentáveis. “Acredito firmemente que este programa contribuirá significativamente para a construção de um futuro melhor para nossas cidades e cidadãos”, afirmou.

Abrahão Crispim I

O ex-presidente do Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB/SE), ex-vereador de Aracaju, Abrahão Crispim de Souza, será homenageado na festa de comemoração dos 90 anos do Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB/SE). A festa de comemoração, será realizada no dia 12 de julho (sexta-feira), a partir das 20h, no Centro de Convenções de Sergipe.

Abrahão Crispim II

O evento contará com uma programação musical vibrante, incluindo as bandas Luís Fontenelli, Chiko Queiroga & Antônio Rogério, e Ygor Ranieri e Banda. Nos intervalos das atrações, a festa será animada pelo DJ Cafu. O ex-líder sindical bancário, (funcionário do Banese), Abrahão Crispim foi presidente do SEEB/SE por três mandatos consecutivos, no período de 1983 a 1992. Além da trajetória dedicada à política, o ex-vereador era membro da Academia Itabaianense de Letras e teve relevante atuação no Jornalismo em Itabaiana, cidade onde nasceu.

Georgeo Passos I

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) se pronunciou sobre o encerramento do contrato entre a Petrobras e a Unigel Fertilizantes. A estatal anunciou no último dia 28, através de um comunicado, que encerraria o acordo com a empresa uma vez que ela não teria atendido às condições mínimas para a manutenção do contrato.

Georgeo Passos II

Isso afeta a fábrica de fertilizantes nitrogenados localizada em Laranjeiras. Georgeo comentou que essa é uma novela antiga, já debatida outras vezes com o fechamento da antiga fábrica da Fafen. “Estamos vendo apenas mais um capítulo de algo que, infelizmente, tem dificuldades para se encontrar uma solução”, afirmou o parlamentar.

Georgeo Passos III

“Com o fechamento da Fafen, a Unigel assumiu esse contrato assinado em 29 de dezembro do ano passado. Na época, muita festa foi feita, as pessoas tinham esperança de que poderiam trabalhar, mas, infelizmente, mais uma vez, parece que as coisas não andaram como deveriam e essa novela segue sem um final”, completou Georgeo.

Georgeo Passos IV

O deputado analisou que essa questão traz grandes problemas sociais, com os empregos perdidos, e também prejuízos para a economia de Sergipe. Ele salientou que é preciso um esforço coletivo entre o Governo do Estado e a bancada federal sergipana no Congresso para pressionar a Petrobras em busca de uma resolução definitiva sobre a fábrica.

Georgeo Passos V

“A Petrobras precisa também agora fazer o seu papel, não deixar o povo não mão e buscar uma alternativa viável para manutenção dos empregos e do funcionamento dessa empresa que há tantos anos traz benefícios para Sergipe. A estatal precisa buscar uma solução para o lugar da Unigel. Toda a classe política deve se engajar nesta pauta”, finalizou Georgeo.

Samuel Carvalho I

Para melhorar a mobilidade urbana do município de Nossa Senhora do Socorro, o deputado estadual Dr. Samuel Carvalho (Cidadania) protocolou duas indicações solicitando ao governador Fábio Mitidieri a revitalização e duplicação das duas pontes que ligam Aracaju ao município metropolitano. Tais obras seriam capazes de proporcionar mais fluidez ao trânsito da região e facilitar o deslocamento da população. Uma das indicações já foi aprovada na Assembleia Legislativa de Sergipe e a outra deve ser votada nos próximos dias.

Samuel Carvalho II

Nossa Senhora do Socorro é o segundo município mais populoso do estado. Segundo o Censo de 2022, a população chegou a 192.330 pessoas, o que representa um aumento de 19,59% em comparação com o Censo de 2010. Por isso, a duplicação das pontes é de suma importância, já que com o aumento populacional, o fluxo de veículos também cresce.

Samuel Carvalho III

“Milhares de veículos transitam todos os dias por estas pontes, o que tem provocado longos e recorrentes engarrafamentos nos horários de pico”, explicou Samuel ao reforçar a importância das obras de duplicação. Atualmente, a ponte José Rollemberg Leite, que liga o bairro Porto D’antas ao Conjunto Marcos Freire II, e a ponte sobre o Rio do Sal, entre o bairro Lamarão e o Conjunto João Alves Filho, são as principais vias de acesso ao município de Socorro.

Indicações

A indicação nº 97/2024, referente à ampliação da Ponte José Rollemberg Leite, já foi aprovada na Alese e encaminhada ao Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER-SE). Já a indicação nº 147/2024 deve ser votada pelos parlamentares nos próximos dias.

Operação I

Agentes da Polícia Federal, equipes do Ministério Público do Trabalho em Sergipe e Auditores-Fiscais do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) deflagaram a Operação Desilusão, na manhã dessa sexta-feira (5), em Aracaju. Em três endereços da capital sergipana, as equipes cumpriram mandados de busca e apreensão e fiscalizaram o alojamento de uma suposta empresa, no Bairro Santo Antônio, zona norte de Aracaju. O local é uma casa, onde vivem funcionários que afirmam comercializar produtos magnéticos.

Operação II

Nas primeiras horas da manhã, as equipes foram até o endereço para verificar as condições de moradia e alimentação. Foram encontrados cinco trabalhadores. Alguns são de Sergipe, outros vieram de estados vizinhos, a exemplo de Alagoas e Bahia. As investigações começaram após provocação do MPT-SE.

Operação III

“Após uma advogada ajuizar uma reclamação trabalhista em favor de quatro trabalhadores, ela resolveu fazer a mesma denúncia ao MPT, alegando uma série de irregularidades, dentre elas condições análogas à de escravo. Instauramos um procedimento e acionamos a Superintendência Regional do Trabalho e a Polícia Federal”, explicou o procurador do Trabalho Adroaldo Bispo.

Forró do Senalba

O Senalba promove neste domingo (7), na Associação de Moradores do Beira Rio, na Av. Paulo VI, 58 A, Inácio Barbosa, o seu tradicional forró na sua 12ª Edição. O evento será open bar, com comidas típicas all inclusive, no horário das 21 horas até a meia noite, com as atrações de Kelly Maria, Trio Pé de Serra, grupo de Bacamarte, sorteio de prêmios, e presença dos membros da quadrilha Xodó da Vila, além da ação solidária com a distribuição dos alimentos arrecadados. O acesso custará R$ 30,00 para os associados e R$ 40,00 para os demais. E poderão ser adquiridos na rua Marte, n° 31, bairro Inácio Barbosa, pelo telefone (79) 99925-4611, com capacidade limitada para 300 pessoas.

CRÍTICAS E SUGESTÕES

habacuquevillacorte@gmail.com e habacuquevillacorte@hotmail.com

Leia também