Aracaju, 18 de julho de 2024
Search

2º Congresso Assistencial da Rede Primavera Saúde é realizado com sucesso

28bcfc69-353a-4768-b1f3-c88f70a4d325

Segundo Congresso Assistencial da Rede Primavera Saúde é realizado com sucesso

Com o tema “Qualidade e Eficiência: Alicerce na sustentabilidade da saúde”, a cidade de Aracaju recebeu nos dias 17 e 18/05, cerca de 450 participantes, além de 40 palestrantes locais e de várias partes do país, para participar da segunda edição do Congresso Assistencial Rede Primavera Saúde, realizado no Hotel Delmar. O evento realizado em conjunto com o CEP – Centro de Ensino e Pesquisa da Rede Primavera Saúde, proporcionou discussões sobre a importância da hospitalidade na experiência do paciente e na eficiência dos cuidados de saúde, Julgamento Clínico X Cultura do Consumo: como manter o paciente no Centro do Cuidado, Alavancando resultados: como a cultura ágil pode transformar o desempenho na prática, dentre outros, além da apresentação de painéis, standes e premiação de trabalhos científicos na modalidade E-Pôster.

Durante os dois dias de discussões e aprendizados, o congresso teve o objetivo de promover enriquecimento científico e a troca de experiências interdisciplinares inovadoras para todos que atuam na saúde, desde cargos de gestão até a assistência. Uma oportunidade para aprimorar conceitos, atualizações e debates que vem se desenhando para os sistemas de saúde.

O superintendente administrativo do Hospital Moinhos de Vento (RS), Evandro Luís Moraes, foi um dos palestrantes e falou sobre a “Transformação Digital Conectados na Área da Saúde”. Cada vez mais digital, o mundo passa por uma transformação tecnológica sem precedentes. É a esse cenário que as diversas instituições da sociedade estão se adaptando em velocidade recorde para melhorar os serviços de saúde, aprimorar a eficiência operacional, aumentar o acesso aos cuidados de saúde e melhorar os resultados dos pacientes. De acordo com Evandro Luís, além da economia significativa de tempo tanto para os profissionais de saúde quanto para os pacientes, ela também contribui para a redução de custos, o aumento da acessibilidade aos cuidados de saúde e a melhoria dos resultados dos pacientes. “A transformação digital é um caminho sem volta. Precisamos estar atentos às mudanças, adotá-las e garantir que elas sejam feitas com segurança. Por esse motivo, esses espaços de discussão são tão importantes”, finalizou.

Na oportunidade, a gerente de Práticas Clínicas da Rede Primavera, Sheilla Paixão, moderou um painel sobre Modelo Assistencial e Desfecho, trazendo a importância da transição do cuidado seguro, da decisão compartilhada com pacientes, familiares e de toda equipe multidisciplinar para construção do plano terapêutico.

Um dos momentos emocionantes do Congresso foi a homenagem prestada ao coordenador médico e médico plantonista da Unidade de Emergência do Hospital Primavera, Dr. Rodrigo Cabral, que durante 21 dias recebeu os cuidados necessários como paciente, após ser vítima de um acidente automobilístico ocorrido no dia 21/10/23. Foram 9 cirurgias, 17 dias de UTI, 4 dias na unidade de internação e vários meses de Home Care. Fui dar um passeio de moto, cheguei em Propriá, tomei um café e na volta pra casa perdi o controle e me acidentei. Fui removido para o heliponto do Hospital Primavera. Na Urgência, os amigos de plantão e vários outros que se disponibilizaram conduziram um politrauma grave. Apesar da progressão até o momento, ainda haverá um longo período a ser percorrido, mas Deus me deu mais uma chance de vida e DESISTIR NÃO É UMA OPÇÃO. Fui salvo por meus amigos, pelos serviços onde trabalho, pela minha família, e meus amigos confirmaram que amizade é algo de mais valioso nessa vida. Será difícil retribuir o bem que todos vocês me fizeram. Obrigado a todos os profissionais envolvidos e parabéns por serem pessoas tão evoluídas”, ressaltou Dr. Rodrigo bastante emocionado.

No segundo e último dia, o palestrante e consultor e gestor em Hotelaria e Facilities na Hospitalidade Marcelo Boeger, ministrou a conferência sobre a importância da hospitalidade na experiência do paciente e na eficiência dos cuidados de saúde. Durante a palestra ele frisou que a hospitalidade em saúde é um conceito fundamental para garantir a satisfação dos pacientes e o sucesso das instituições de saúde. “Trata-se de oferecer um atendimento humanizado, acolhedor e personalizado, que vai além do simples cuidado médico. A experiência do paciente no ambiente hospitalar pode influenciar diretamente em sua recuperação e bem-estar, por isso a hospitalidade em saúde é essencial para promover um ambiente positivo e acolhedor”, disse.

A presidente do Congresso e superintendente assistencial da Rede Primavera, Aline Bastos, enfatizou que o pela segunda vez consecutiva, o Congresso contribuiu com a educação e saúde do estado, com discussões ricas que ampliaram os conhecimentos pensando sempre na qualidade e bem-estar do paciente, como também na eficiência sustentável do sistema. “Quero aproveitar esse momento e agradecer aos congressistas, palestrantes, e todos que contribuíram com o sucesso do evento”, concluiu.

O diretor executivo da Rede Primavera, Marcelo Vieira, também ressaltou que eventos dessa natureza, com temas relevantes, com o alto nível dos palestrantes, aprimoram o aprendizado e transformam a realidade da cidade em gestão de saúde, com resultados a médio e logo prazo.

Finalizando o Congresso, o fundador do Hospital do Coração, pioneiro em várias técnicas de cirurgias cardíacas e professor Titular de Cirurgia Cardiovascular da UFS, Dr. José Teles de Mendonça, falou sobre “Modelos de sucesso: estratégias para superar desafios e alavancar qualidade e eficiência na saúde”, e também foi homenageado com uma placa pelos 20 anos do Hospital do Coração e pelos relevantes serviços prestados a medicina sergipana e pelo profissionalismo.

Fonte e foto assessoria

Leia também