Aracaju, 13 de abril de 2024

Sergipe ganhará 1º complexo habitacional com pista de pouso e hangar para aeronaves

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
210af01e-b917-4685-acdd-52fb49df4cb2

Aircraft Eco Park Residence é investimento de grupo mineiro, na região Norte do estado. Agenciado pelo Grupo GA Ambiental, local terá pista de pouso de 1.800 metros e hangares individuais e comerciais.

As belezas de Sergipe estão encantando cada vez mais investidores de outras regiões. E o mais novo enamorado pelo estado é a empresa SIG IN, de Minas Gerais, que através da Terra Nova Ecobusiness, empresa do Grupo GA Ambiental, trará para a região Norte sergipana o empreendimento Aircraft Eco Park Residence. Já imaginou ter sua aeronave na garagem de casa? Esse é apenas um dos benefícios que o complexo habitacional oferecerá.

O Aircraft Eco Park Residence é um projeto aeronáutico composto por condomínios com hangar individual, hangares comerciais e institucionais, pistas de voo para aeronaves executivas, áreas para lazer, para a prática esportiva, marina e muito mais.  O complexo imobiliário terá, ainda, área comercial, com destaque para empresas de manutenção e venda de peças para aeronaves, e escola aeronáutica.

Tudo isso em um local paradisíaco, uma península localizada na região Norte do estado, constituída por belos rios, cercada por muito verde, e que está, ao mesmo tempo, pertinho da capital sergipana.

O empreendimento surge do entendimento da SIG IN de que uma região com tamanha importância econômica para o país deve ter um projeto audacioso, sofisticado e com toda a infraestrutura necessária para aqueles que desejam ter qualidade de vida, morar cercado por belezas naturais, e que utilizam aeronaves executivas como principal meio de transporte para o cotidiano corporativo.

Par e passo com a Lei

E por saber que um projeto tão grandioso precisa estar legalmente amparado, cumprindo todos os requisitos exigidos pelas leis e normais ambientais, a exemplo da preservação da vegetação, fauna e flora nativas, todo o processo para licenciamento ambiental do empreendimento está sendo realizado pelo Grupo GA Ambiental, referência no Brasil quando o assunto é licenciamento de áreas consideradas sensíveis ou paradisíacas.

“Essa é a nossa expertise de atuação, e tenham a certeza de que estamos tendo todo o cuidado necessário no que diz respeito ao cumprimento das prerrogativas ambientais vigentes. Temos uma equipe multidisciplinar altamente qualificada, pois nosso intuito é fazer com que Sergipe desponte cada vez mais no cenário nacional, e que empreendimentos como o Aircraft gerem dividendos para o estado, e emprego e renda para a nossa população”, declara Gabriela Almeida, presidente do Grupo GA Ambiental.

A escolha por Sergipe

Sergipe chegou ao radar da SIG IN através do trabalho da Terra Nova Ecobusiness, empresa do Grupo GA que agencia negócios ambientais inteligentes e estratégicos, visando gerar conexões e oportunidades para Sergipe. A topografia, a proximidade com outros estados da região, e a localização estratégica contribuíram para a escolha da investidora.

“O projeto tem uma grandeza de oportunidades e de possibilidades para desenvolvimento econômico e social sem precedentes para Sergipe, para o Nordeste, e para o Brasil”, enfatiza o diretor de Negócios da Terra Nova, Humberto Paschke.

A empresa Goiás Aviação, que já demonstrou interesse em fazer parte do projeto, explica que devido à estrutura aeronáutica, o Aircraft Eco Park Residence impulsionará a aviação no Nordeste brasileiro. O projeto contará com pista de pouso de 1.800 metros devidamente regularizada, bem como oficina aeronáutica para consertos e abastecimento de aeronaves.

“Temos diversas razões para acreditar no sucesso do empreendimento, e algumas delas estão intimamente ligadas ao turismo, comércio, serviços e a uma excelente moradia. Todos esses aspectos, unidos, farão de Sergipe um lugar referência para habitação com qualidade de vida, e viabilidade para negócios. Onde uma excelente infraestrutura chega, o crescimento é inevitável”, prevê Humberto Paschke.

Foto assessoria

Por Andréa Moura

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leia também